Múmias de Salsicha (Halloween)



















2 frascos de salsichas tipo alemão (usei as Nobre Bockwurst - receita alemã)
28 cravos da Índia (usei da marca Suldouro)

Massa:
15g de fermento fresco ou 5g de fermento de padeiro em pó (usei da marca Condi)
1/2 colher de sopa de açúcar
1/2 colher de chá de sal (usei a flor de sal Marnoto)
100ml de água morna
250g de farinha
1 colher de sopa de azeite (usei o Azeite Castelo de Marvão)


Dissolva o fermento na água morna juntamente com o açúcar.
Num recipiente largo, junte a farinha com o sal, acrescente-lhe a mistura de fermento e o azeite. Amasse até que obtenha uma massa firme e ligeiramente elástica, formando algumas bolhas na superfície aquando do amassar (se necessário, junte mais água).
Faça uma bola com a massa, tape com um pano e deixe levedar por cerca de 2 horas ou até dobrar de volume.
Ao fim deste tempo, coloque a massa numa superfície enfarinhada e sove-a um pouco. Em seguida, retire uma pequena porção de maça (pouco maior que uma noz) e estique-a, fazendo dela uma fita de 0.5cm de largura.
Escorra as salsichas, segue-as e enrole a fita de massa em torno de cada uma delas, de modo a parecerem múmias e tento o cuidado de deixar algum espaço aberto na zona que será o rosto.
Coloque as múmias de salsichas, lado a lado e com 1-2 cm de espaço entre si, num tabuleiro forrado com papel vegetal. Seguidamente, leve-as ao forno pré-aquecido a 230ºC por 5-10 minutos ou até a massa começar a alourar.
Retire do forno, deixe arrefecer um pouco e coloque dois cravos da Índia em cada salsicha, de modo a parecer os olhos da múmia.
Sirva quente ou frio.


Para acompanhar este prato, recomendo:




Volúpia Branco 
Caves do Solar de São Domingos


Castas: Sauvignon blanc (50%), Chardonnay (35%) e Maria Gomes (15%)

Notas de prova:
Aroma intenso e complexo, em que a mineralidade predomina sobre as notas florais e citrinas. Cheio e volumoso na boca, de acidez subtil, revela a fruta em toda a sua plenitude, tornando-se um conjunto de
qualidade única.








Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.


O meu muito obrigada à Nobre, CondiSuldouroNectonAzeite Castelo de Marvão Caves do Solar de São Domingos pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.