Parceria com Mel Serra de Portel







É como muito gosto que informo, a todos os que me visitam, acerca da parceria entre o Nárwen's Cuisine e a Mel Serra de Portel.
Esta é uma pequena empresa familiar, que vem cultivando, desde há algumas gerações, o gosto e conhecimento pela apicultura.
A Mel Serra de Portel é uma empresa dedicada à produção e comercialização de produtos apícolas, nomeadamente Mel e Pólen.



A Mel Serra de Portel é uma empresa de cariz familiar situada no Alentejo, em plena Serra de Portel, na Amieira, pequena aldeia do concelho de Portel, 40 km a sul de Évora.
As características do mel que é produzido nesta empresa têm por base a diversidade da flora da Serra de Portel e respectivas condições climatéricas favoráveis, as quais lhe conferem uma excelente qualidade. A serra está inserida numa vasta área, não agrícola, onde o uso de pesticidas e fitofármacos está ausente, bem como a poluição de origem industrial ou urbana.
A flor abundante nesta serra alentejana de baixa altitude (418 metros) dá cor e sabor ao mel produzido na região.
Tudo começou quando, Francisco Malhadas, abraça a actividade quando seu o pai, já com a idade avançada, lhe disse não ter forças para continuar. O negócio passava assim para a terceira geração da família Malhadas. «A produção de mel começou com o meu avô. Passou para o meu pai, para mim e agora já estou a passar para o meu filho», conta. Francisco, aos 18 anos, tinha deixado a aldeia para estudar em Évora. Partindo depois para Lisboa onde encontrou emprego. A distância geográfica não o impediu de continuar o negócio da família, respondendo assim ao apelo do pai. Continuou a trabalhar em Lisboa e todos os tempos livres eram passados na terra natal, a aldeia da Amieira, concelho de Portel.
As abelhas de Francisco Malhadas alimentam-se de rosmaninho. O apicultor de 63 anos explica porque pode dizer com toda a certeza que o seu mel é de rosmaninho: «a abelha é fiel ao néctar que está a explorar. Em Portel há muito rosmaninho e é lá que as abelhas se alimentam e só iriam procurar outra flor quando o rosmaninho começasse a secar. O que acontece é que quando o rosmaninho começa a secar, as outras plantas também já estão secas. Assim podemos dizer que o mel é monofloral e essa única flor é o rosmaninho. 

Em termos florestais, a serra é dominada pelo montado, onde predominam as azinheiras e sobreiros. É pois, sob esse ecossistema que se desenvolve uma flora espontânea e variada, tipicamente silvestre, de caraterísticas mediterrâneas, onde predomina o rosmaninho, esteva, entre outros, de grande riqueza nectífera e polínica, responsáveis pelas características do mel e pólen produzido pelas abelhas.
São, pois, as características da flora, aliadas a condições climatéricas favoráveis, que proporcionam às abelhas a matéria-prima (néctar e pólen) necessária para a produção de um mel bastante apreciado, o qual tem sido alvo de diversos prémios e distinções ao longo dos anos.

A Mel Serra de Portel recebeu, no dia 6 de Junho de 2012, o Prémio Mel do Ano 2012, entregue
no III Concurso Nacional de Mel, organizado pela FNAP e pela Feira Nacional da Agricultura. Este certame reuniu 32 méis representativos da qualidade, especificidade e diversidade da apicultura de Portugal, contribuindo assim para o prestígio e visibilidade de uma actividade milenar e de um produto tradicionalmente valorizado pelas gentes do mundo.
No ano decorrente também já foi condecorado com a medalha de prata no mesmo concurso.





Como já havia mencionado, a Mel Serra de Portel, produz e comercializa diversos produtos apícolas que são:


- Mel de Rosmaninho


O mel é um alimento natural, produzido pelas abelhas melíferas a partir do néctar das flores, que o recolhem, transformam e combinam com substâncias específicas próprias, armazenando-o e deixando-o amadurecer nos favos das colmeias.
O mel, como substituto do açúcar, é um adoçante natural e excelente estimulante da vitalidade, tratando-se de um alimento de sustento e regeneração, tornando-se num produto indicado para desportistas, idosos e crianças, graças ao seu valor energético, nutritivo e de fácil assimilação pelo organismo.
O mel pode ser consumido na sua forma natural, no leite, chá, iogurtes, cereais, pão, etc.




- Mel com Favo






O favo é parte integrante da colmeia. O mel em favo é a forma mais genuína de saborear o mel: “corte um bocado do favo, mastigue-o, saboreie-o e deite fora a cera”.






- Mel com Propólis
Este produto é constituído por uma mistura de 96% de mel e 4% de extrato de propólis.
O própolis é um produto resinoso e balsâmico, de cor variada e consistência viscosa, sendo recolhido pelas abelhas, a partir dos rebentos e botões das flores, após o qual é transportado para a colmeia onde é transformado, sendo-lhe agregado cera e secreções salivares e de outros elementos que melhoram a sua consistência.
São-lhe atribuídas algumas propriedades, de índole anti-inflamatória, antibacteriana e cicatrizante (porque estimula e favorece a regeneração dos tecidos). Sugere-se a sua utilização como auxiliar e coadjuvante na prevenção e tratamento de infeção das vias respiratórias, tosse e rouquidão. 
O mel com propólis deve ser consumido numa proporção de 4 a 5 colheres de chá diariamente.




- Pólen de Flores


O pólen é um produto natural, colectado pelas abelhas nos órgãos masculinos das flores, ao qual adicionam secreções glandulares. Os diferentes grãos de pólen vão sendo enriquecidos com enzimas e aglutinados pelas abelhas, que lhes adiciona um pouco de néctar, sendo posteriormente transportados para as colmeias, onde são utilizados pelas abelhas mais jovens (amas) como alimento proteico e vitamínico das larvas em gestação.
A composição do pólen, rico em elementos indispensáveis a um bom equilíbrio biológico, fazem dele um dos elementos naturais mais completos. O pólen pode ser consumido na sua forma normal, misturado com iogurte, leite, chá ou mel. 







Para finalizar, vou mostrar algumas fotografias com os produtos que a Mel Serra de Portel.  Posso dizer que, ao abrir a caixa enviada, um sorriso instalou-se no meu rosto e não mais de lá saiu.

E é fácil de perceber porquê! Pois quem não gosta de receber produtos de qualidade inestimável?







O meu muito obrigada à Mel Serra de Portel pela simpatia e pelos produtos fantásticos que me enviaram. 

Por fim, posso dizer que é de louvar a qualidade destes produtos e que estou desejosa de fazer receitas com eles para, mais tarde, partilhar convosco.