Broas dos Santos


















500g de farinha
150ml de leite morno (usei o leite meio-gordo Terra Nostra)
250g de açúcar branco
1.5 colher de chá de canela (usei da marca Suldouro)
1.5 colher de chá de erva-doce (usei da marca Suldouro)
1 ovo grande, batido
25g de fermento fresco ou 8g de fermento de padeiro em pó (usei da marca Condi)
1 limão (raspa)
30g de margarina
40ml de aguardente (usei a aguardente velhíssima São Domingos)
70g de nozes, picadas grosseiramente
100g de sultanas
70g de pinhões
1 pitada de sal (usei a flor de sal Marnoto)
1 ovo para pincelar


Comece por amornar o leite e juntar-lhe o fermento para que este se dissolva.
Num recipiente largo, junte a farinha com o sal, a erva-doce, a canela, a raspa de limão e o açúcar. Misture muito bem e abra um buraco no centro da mistura onde deve colocar o ovo batido, o leite com o fermento, a aguardente e a margarina. Amasse bem até obter uma massa lisa e ligeiramente elástica. Acrescente os frutos secos e misture bem até ficar uma massa homogénea.
Entretanto, prepare tabuleiros de forno forrando-os com papel vegetal e adicione-lhes as pequenas broas que deve formar, deixando algum espaço entre cada uma. Em seguida, tape bem as broas com um pano grosso e deixe-as levedar por 1:30h.
Após este tempo, pré-aqueça o forno a 200ºC e pincele as broas com ovo batido. Leve ao forno por 15-20 minutos ou até se apresentarem douradinhas.
Retire do forno, deixe arrefecer completamente e guarde em frascos hermeticamente fechados para não endurecerem.



Para acompanhar estas broas, recomendo:




Tawnie de Idade
Vinho do Porto 20 Anos - Quinta do Estanho


Vinho do Porto de qualidade superior.
Elaborado a partir de uma combinação de lotes selecionados de vinhos velhos e jovens, cuja média perfaz a idade indicada no rótulo.
Estagia em barris de carvalho velho e avinhado.

Notas de prova:
Aromas terciários complexos a especiarias com notas de vinagrinho.
Boca suave, agradável, persistente e com prolongada permanência.






Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação desta sobremesa.

O meu muito obrigada à Terra Nostra, CondiCaves do Solar de São Domingos, SuldouroNecton e Quinta do Estanho pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.