Florentinas de Natal (Bolachas Italianas)















Florentinas são bolachinhas originárias da Toscana (Itália), mais propriamente da cidade de Florença. Elas são finíssimas, crocantes e contêm frutos secos e cristalizados como ingredientes principais. 
Na Itália, elas são um clássico de Natal, mas já são vendidas em todo o mundo durante esta época festiva.



75 ml de natas
50 g de amêndoa em lascas
60 g de amêndoas moídas
25 g de manteiga
70 g de cereja cristalizada (ou 35g de cerejas e 35g de laranja, ambas cristalizadas e em pedacinhos)
90 g de açúcar branco
60 g de farinha
1 pitada de bicarbonato de sódio


Num tacho junte as natas, o açúcar e a manteiga. Misture bem e leve a lume brando até ferver.
Retire o tacho do lume e adicione a farinha com a amêndoa moída, misture bem (para moer a amêndoa mais facilmente basta coloca-las na picadora juntamente com a farinha). Adicione as frutas cristalizadas em pedacinhos e um pouco de bicarbonato de sódio, envolva com cuidado até obter uma massa homogénea.
Unte 2 tabuleiros com margarina e polviçhe-os com farinha. Reserve.
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Com a ajuda de 2 colheres de chá (use a técnica de fazer pastéis de bacalhau) distribua pequenas porções da massa sobre os tabuleiros e deixando espaço entre elas. Achate-as com uma espátula, pressionando-as com força e de modo obter um círculo fininho. Leve ao forno pré-aquecido durante 8 minutos ou até que as bordas estejam douradas. Retire do forno e desenforme apenas depois de quase frias, pois as bolachas enrigecem enquanto arrefecem. Em seguida, transfira-as para uma grade e deixe que arrefeçam completamente. 
Guarde-as num recipiente hermeticamente fechado.


Notas: 

Rende cerca de 25-30 bolachas.
Depois de prontas pode cobrir o lado inferior de cada bolacha com chocolate negro. Para isso, deve derreter o chocolate e pincela-lo na parte inferior das bolachas e, com um garfo ou palito, desenhe ondas sobre o chocolate. 
Depois de secos, mantenha-as num recipiente hermeticamente fechado.




Para acompanhar estas bolachas, recomendo:


Porto Ruby
Ramos Pinto


É um blend de vinhos com 3 anos de idade, em que se procura suster a evolução da sua cor tinta, mantendo o aroma frutado e o vigor dos vinhos jovens.

Notas de Prova:
Cor vermelha densa, mais intensa do que a do Tawny.
Vivo e intenso. Aromas fortes a frutos característicos das castas, isto é, aromas primários como cereja, amora, ameixa e framboesa, com um ligeiro toque de canela.
O ataque é bastante volumoso devido à sua jovialidade e quantidade de fruto. Pela via rectro-nasal, apercebemo-nos das suas purezas aromáticas provenientes dos aromas das uvas.
Final compacto e longo.




Aqui está o produto fantástico que usei para acompanhar esta sobremesa.

O meu muito obrigada à  Ramos Pinto pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.