Doce da Avó















200ml de natas
1 colher de chá de sumo de limão
150g de bolachas de limão (usei as bolachas Limonette  da Du Bois de la Roche)
2 claras
75g de açúcar
75g de amêndoa picada

Ovos-moles:
150g de açúcar
150ml de água
6 gemas


Coloque as natas no congelador 20 minutos antes de as usar e bata-as em chantilly com 1 colher de chá de sumo de limão. Junte-lhe o açúcar aos poucos e bata mais um pouco. 
Bata as claras em castelo firme, junte-as às natas e envolva muito bem. Reserve no frigorífico.
Triture as bolachas até obter uma espécie de farinha grossa. Junte-lhe metade das amêndoas picadas,misture e reserve.
Em tacinhas de vidro individuais, comece por colocar uma camada de creme de natas e outra de farinha de bolacha com amêndoa e assim sucessivamente até terminar com uma camada de natas. Sobre esta, faça a camada final com o doce de ovos e polvilhe com a restante amêndoa.
Leve ao frigorífico e sirva fresco.


Ovos-moles:

Leve ao lume a água com o açúcar até obter calda. Retire do lume e deixe arrefecer um pouco.
À parte, bata as gemas e adicione-as à calda, a pouco e pouco, e mexendo constantemente com uma vara de arames. Leve novamente ao lume e mexa até engrossar um pouco.



Para acompanhar esta sobremesa, recomendo:


Porto Lágrima
Ramos Pinto


Uvas provenientes de zonas onde atingem elevado grau de maturação e sujeitas a uma forte maceração pelicular, segundo a antiga tradição do Vinho do Porto.

Notas de Prova:
Cor predominantemente ouro.
Dentro do seu fruto e doçura característicos, sobressaem aromas de tipo floral: camomila e flor de laranjeira, com toques de mel.
Paladar adamado, glicerinado, com fruta madura, envolvida por uma intensidade fresca. Final de boca de sabor gordo e persistente, com um agradável toque de mel.








Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação desta sobremesa.

O meu muito obrigada à Du Bois de la Roche e Ramos Pinto pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.