Bifes de Peru em Molho de Pleurotos
















400g de bifes de peru
300g de cogumelos pleurotos frescos
2 colheres de sopa de azeite (usei o Azeite Castelo de Marvão)
2 dentes de alho
200ml de natas
0.5 dl de vinho branco de qualidade (usei o Aroma das Castas da Quinta da Lixa)
1/2 colher de sopa de manteiga
1.5 colher de sopa de ketchup (usei da marca Paladin)
1/2 cubo de caldo de carne
1 pitada de pimenta branca (usei da marca Suldouro)
Sumo de limão q.b.
Sal q.b.  (usei a flor de sal Marnoto)
Tomilho fresco q.b.

175g de arroz selvagem mix (usei o Oriente Selvagem Mix da Novarroz)
350ml de água
1/2 cebola pequena
1/2 colher de sopa de manteiga
Sal q.b.  (usei a flor de sal Marnoto)



Leve ao lume um tacho com a água e a cebola e a manteiga. Tempere com sal e, assim que levantar fervura, adicione o arroz. Envolva e cozinhe, em lume brando, com o tacho tapado por cerca de 12 minutos.
Arranje os bifes com duas horas de antecedência; cortando-os em bifinhos finos e pequenos e temperando-os com sal, pimenta, alhos picados e o sumo de limão.
No momento de os confecionar, leve o azeite ao lume, deixe aquecer, e junte a manteiga. Deixe derreter, adicione os bifes e deixe-os cozinhar de ambos os lados. Retire-os e reserve-os num prato. Saltei-e os cogumelos na mesma gordura e tempere-os, levemente com sal e pimenta, quando estes começarem a apresentar-se ligeiramente murchos, retire-os e reserve-os com os bifes.
Junte à frigideira o vinho branco e o ketchup, mexendo bem. Adicione depois o caldo de carne e as natas e mexa até o caldo dissolver e o molho engrossar. Junte novamente ao molho os bifes e cogumelos, deixe ferver, retifique os temperos, polvilhe comum pouco de tomilho e sirva com o arroz selvagem mix.



Para acompanhar este prato, recomendo:



Touriga Nacional 

Terras do Minho Rosé

Quinta da Lixa


Castas: Touriga nacional
Região: Vinhos Verdes

A Touriga nacional é tida por muitos como a casta mais nobre entre as tintas de Portugal.
Cor vermelha bem viva, notações de morango e groselha, complementando com sugestões florais revelam a exuberância do aroma.
Na boca apresenta-se muito equilibrado, com boa acidez e notas gulosas de fruta fresca.
Um vinho volumoso e envolvente.





Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Novarroz, Azeite Castelo de Marvão, PaladinSuldouroNecton Quinta da Lixa pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.