Bifinhos em Molho de Cogumelos e Porto com Mix de Arroz Selvagem



















6 bifinhos de porco
300g de cogumelos frescos
1 fio de azeite (usei o Azeite Castelo de Marvão)
Sumo de limão q.b.
1 noz de margarina
1 cebola pequena, muito bem picada
1 cálice de Vinho do Porto Branco (usei o Porto SWR (Special White Reserve) da Quinta do Estanho)
1 cubo de caldo de carne
250ml de água a ferver
1 colher de sopa de farinha
1 pitada de pimenta branca (usei da marca Suldouro)
Sal q.b. (usei a flor de sal Marnoto)
Tomilho fresco q.b.

175g de arroz selvagem mix (usei o Oriente Selvagem Mix da Novarroz)
350ml de água
1/2 cebola pequena
1/2 colher de sopa de manteiga
Sal q.b. (usei a flor de sal Marnoto)



Tempere os bifes com sal, pimenta e sumo de limão e deixe marinar por 2 horas. 
Ao fim deste tempo, derreta uma noz de margarina numa frigideira e frite os bifes de ambos os lados. Retire os bifes e reserve-os num prato, mantendo-os quentes. 
Na mesma gordura, salteie, ligeiramente, os cogumelos laminados (acrescente mais um pouco de margarina, caso seja necessário) e até que estes murchem um pouco. Retire-os da frigideira e reserve num prato juntamente com os bifes.
Ainda na mesma frigideira, e sem retirar a margarina que lá se encontra, adicione um fiozinho de azeite e faça um refogado com a cebola muito bem picada. Acrescente um pouco de água e, quando a cebola estiver translucida, junte uma colher de sopa de farinha, mexendo bem para que esta se dissolva completamente. 
Continue a mexer até que o molho se transforme num creme. Junte, de seguida, o cubo de caldo de carne desfeito numa chávena de água a ferver. Vá mexendo sempre e, quando o molho se apresentar espesso, adicione os bifinhos e 1 cálice de vinho do Porto. Mexa mais um pouco e junte os cogumelos. Envolva bem e rectifique o sal. Deixe o molho ferver um pouco, mas sem engrossar demasiado. Sirva polvilhado com tomilho fresco e acompanhado de mix de arroz selvagem.

Leve ao lume um tacho com a água e a cebola e a manteiga. Tempere com sal e, assim que levantar fervura, adicione o arroz. Envolva e cozinhe, em lume brando, com o tacho tapado por cerca de 12 minutos.




Para acompanhar este prato, recomendo:



Douro Reserva 2008 - Quinta do Estanho


Vinho do Douro tinto, produzido a partir das castas Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz e Tinta Barroca.
Verificado em cubas de inox com temperaturas controladas, curtimenta longa e remontagens frequentes.

Estagia um ano em cascos de carvalho francês novo e depois em garrafa, originando um vinho equilibrado, encorpado e com taninos presentes mas redondos e um final de boca limpo, persistente, e aveludado.
Aroma limpo, fino e bem estruturado.







Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Novarroz, Azeite Castelo de Marvão, PaladinSuldouroNecton Quinta do Estanho pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.