Queijadas de Sintra



















Massa:
350g de farinha
1 pitada de sal  (usei a flor de sal Marnoto)
75g de manteiga
1 ovo
120ml de água

Recheio:
6 queijos frescos de qualidade (usei os queijos Gourmet de vaca, cabra e ovelha da Paiva)
350g de açúcar
1 pitada de sal fino
12 gemas
1 limão (raspa)
1 pitada de canela (usei da marca Condi)



Comece por preparar a massa misturando a farinha com o sal e a manteiga em pedacinhos. Amasse com a ponta dos dedos até obter uma espécie de farelo. Junte o ovo e a água, aos poucos, amassando até obter uma massa elástica e que seja fácil de moldar.
Coloque a massa sobre uma superfície enfarinhada e estenda-a bem até obter uma espessura bem fina. Corte 12 círculos de massa e, com eles, forre formas de queque salpicadas com água (a água fará com que a massa não grude na forma depois de prontas as queijadas).

Coloque os queijos frescos numa picadora e desfaça-os até obter um creme homogéneo. Junte-lhes o açúcar, o sal, as gemas, a raspa de limão e a canela. Bata mais um pouco para homogeneizar e verta este preparado nas formas que preparou.
Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC por cerca de 25 minutos.
Retire do forno, deixe amornar e desenforme com cuidado.


Para acompanhar esta sobremesa, recomendo:


Porto Lágrima
Ramos Pinto

Uvas provenientes de zonas onde atingem elevado grau de maturação e sujeitas a uma forte maceração pelicular, segundo a antiga tradição do Vinho do Porto.

Notas de Prova:
Cor predominantemente ouro.
Dentro do seu fruto e doçura característicos, sobressaem aromas de tipo floral: camomila e flor de laranjeira, com toques de mel.
Paladar adamado, glicerinado, com fruta madura, envolvida por uma intensidade fresca. Final de boca de sabor gordo e persistente, com um agradável toque de mel.








Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação desta sobremesa.

O meu muito obrigada à Lacticínios do Paiva, Condi, Necton Ramos Pinto pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.