Torricado de Farinheira com Ovos de Codorniz


















1 farinheira de qualidade (usei a farinheira regional da Beira Lamego)
2 caseirinhas
Ovos de codorniz q.b.
3 c. de sopa de azeite (usei o azeite Alentejo Interior DOP da José Gourmet)
2 dentes de alho picados
1 pitada de pimenta branca (usei da marca Suldouro)
Sal q.b. (usei a flor de sal Marnoto)
Folhas de salsa fresca q.b.


Comece por fatiar as caseirinhas com 1 cm de espessura e reserve.
Leve o azeite ao lume e junte-lhe o alho picado, em lume brando. Quando o alho começar a alourar, junte-lhe as fatias de pão e deixe-as fritar, de ambos os lados, até alourarem. retire o pão para uma travessa de servir.
À parte, grelhe a farinheira em rodelas numa frigideira anti-aderente e sem adicionar qualquer gordura. Quando dourarem de ambos os lados, disponha-as sobre as fatias de pão.
Enquanto isso, adicione os ovos de codorniz a óleo pouco quente, tempere-os com sal e pimenta e frite a gosto.
Por fim, acrescente um ovo de codorniz a cada uma das fatias de pão com farinheira e decore com uma folhinha de salsa.




Para acompanhar esta entrada, recomendo:



Rosé Bruto 2011
Caves do Solar de São Domingos


Castas: Baga (85%) e Touriga-Nacional (15%).


Notas de prova:
Perfumado e atrativo no aroma, com notas frutadas lembrando morangos e framboesas. Boca cremosa, com a fruta e a acidez bem equilibrada no palato, resultando num conjunto sensual e requintado.

MEDALHA DE PRATA - Effervescents du Monde, France, 2012
MEDALHA DE PRATA - IV Concurso de Espumantes Bairrada, Portugal 2012







Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação desta entrada.

O meu muito obrigada à José Gourmet, Beira LamegoSuldouroNecton Caves do Solar de São Domingos pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.