Aletria de Milho Doce

















160 g de aletria de milho (usei da marca Sovex)
180 g de açúcar  (usei o açúcar mascavado da marca Sovex)
4 gemas
600 ml de leite (usei o leite meio-gordo Terra Nostra)
2 colheres de sopa de manteiga (usei da marca Terra Nostra)
2 pedaços de casca de limão
1 pau de canela fino (usei da marca Suldouro)
Canela em pó q.b. (usei da marca Suldouro)
1 pitada de sal (usei a flor de sal Marnoto)



Comece por cozer a aletria de milho em água temperada de sal durante 4 minutos. Escorra a água e reserve.
À parte, aqueça o leite com os pedaços de casca de limão e o pau de canela. Quando quente, junte-o, aos poucos, à aletria, mantendo o lume brando e mexendo sempre. Adicione a manteiga e, depois, o açúcar, deixando cozinhar por 10 minutos.
Retire do lume e crescente as gemas (previamente batidas num pouco de leite frio), cuidadosamente e mexendo sempre. Leve a lume brando para engrossar um pouco por, cerca de, 2 minutos e sem deixar ferver.
Transfira a aletria de milho para uma travessa, alise a superfície, deixe arrefecer um pouco e decore com canela a gosto.
Sirva morno ou frio.


Para acompanhar estes docinhos, recomendo:


Porto Lágrima
Ramos Pinto

Uvas provenientes de zonas onde atingem elevado grau de maturação e sujeitas a uma forte maceração pelicular, segundo a antiga tradição do Vinho do Porto.

Notas de Prova:
Cor predominantemente ouro.
Dentro do seu fruto e doçura característicos, sobressaem aromas de tipo floral: camomila e flor de laranjeira, com toques de mel.
Paladar adamado, glicerinado, com fruta madura, envolvida por uma intensidade fresca. Final de boca de sabor gordo e persistente, com um agradável toque de mel.








Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação destes docinhos.

O meu muito obrigada à Terra Nostra, Sovex, Suldouro, Necton Ramos Pinto pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.