Risotto de Cogumelos



















1 chávena de arroz arbóreo
3 chávenas de água fervente
1 fio de azeite (usei o Azeite Castelo de Marvão)
1 cubo de caldo de carne
250g de vários cogumelos frescos (usei cogumelos brancos, marrom e pleurotus)
1/2 cebola bem picada
2 dentes de alho picados
1 noz de margarina
60ml de vinho branco
1 colher de chá de sumo de limão
1 colher de chá de tomilho (usei da marca Suldouro)
1 colher de sopa de manteiga (rasa)
Queijo parmesão ralado na altura
1 pitada de pimenta branca  (usei da marca Suldouro)
Sal q.b.  (usei a flor de sal Marnoto)


Comece por juntar a 3 chávenas de água fervente o cubo de caldo de carne, mexa e reserve mantendo-a quente.
Aqueça uma frigideira grande, junte-lhe uma noz de margarina e, quando derreter, adicione os cogumelos laminados. Mexa e cozinhe durante um minuto. Depois, junte o tomilho, sal, pimenta e um alho picado. Agite a frigideira e cozinhe durante mais 2 minutos ou até os cogumelos ficarem tenros. 
Num tacho em lume brando, aqueça um pouco de azeite e refogue a cebola e o alho até que se apresentem translúcidos.
Em seguida, adicione o arroz arbóreo e mexa, deixando refogar um pouco. Acrescente o vinho branco e deixe evaporar. Envolva bem e adicione um pouco de caldo de carne. Tenha em atenção que, o caldo adicionado, deverá ser apenas o suficiente para que o arroz fique cremoso. A melhor forma é ir adicionando o caldo, concha por concha, e à medida que ele vai pedindo mais, mexendo, sem parar, até o arroz ficar al dente. 
Quando o arroz estiver quase pronto, junte os cogumelos e deixe acabar de cozer.
Retire do lume, junte e envolva a manteiga, o queijo e o sumo de limão. Depois verifique o tempero juntando mais sal e pimenta se necessário. Tape e deixe repousar por 1 minuto antes de servir.



Para acompanhar este prato, recomendo:




São Domingos - Tinto Bairrada D.O.C. 2011
Caves do Solar de São Domingos




Castas: Baga (40%), Touriga-Nacional (30%) e Tinta-Roriz (30%).

Notas de prova:
Aroma focado na fruta de boa qualidade, evidenciando notas elegantes de especiarias e chocolate. Bela presença na boca, com taninos aveludados, revelando requinte e persistência.









Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Azeite Castelo de Marvão, Suldouro, Necton Caves do Solar de São Domingos pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.