Bolachas Suecas


















130 g de farinha
115 g de manteiga, em temperatura ambiente (usei a manteiga com sal transmontana da Lacticínios do Paiva)
50 g de açúcar
1 gema
1.5 c.chá de essência de baunilha
Metades de cerejas cristalizadas


Comece por bater a manteiga com açúcar até obter umas mistura cremosa e fofa. Junte a gema e a essência de baunilha batendo bem para incorporar. Acrescente a farinha e bata para obter uma mistura homogénea. Leve ao massa ao frigorífico 20 minutos antes de a usar.
Entretanto, pré aqueça o forno a 180ºC e prepare um tabuleiro forrando-o com um tapete de silicone (não use papel vegetal, pois a intenção é de a massa colar ao tabuleiro),
Muna o seu dispara-biscoitos com um disco em forma de flor e introduza-lhe uma porção de massa.
Assente o dispara-biscoitos no tabuleiro preparado e vá pressionando o manípulo do mesmo para que se solte o primeiro biscoito. Levante o aparelho e, deixando 3cm de intervalo, dispare o próximo biscoito e assim sucessivamente até gastar toda a massa.
Corte as cerejas em metades e coloque-as no centro de cada bolacha, pressionando-as ligeiramente.
Leve ao forno por 11-14 minutos ou até que as bordas das bolachas comecem a dourar.
Deixe arrefecer por 5 minutos antes de as retirar do tabuleiro e aguarde que arrefeçam completamente antes de as guardar em frascos herméticos.
Nota: Rende cerca de 18 bolachas.



Para acompanhar esta sobremesa, recomendo:


Porto Ruby
Ramos Pinto


É um blend de vinhos com 3 anos de idade, em que se procura suster a evolução da sua cor tinta, mantendo o aroma frutado e o vigor dos vinhos jovens.

Notas de Prova:
Cor vermelha densa, mais intensa do que a do Tawny.
Vivo e intenso. Aromas fortes a frutos característicos das castas, isto é, aromas primários como cereja, amora, ameixa e framboesa, com um ligeiro toque de canela.
O ataque é bastante volumoso devido à sua jovialidade e quantidade de fruto. Pela via rectro-nasal, apercebemo-nos das suas purezas aromáticas provenientes dos aromas das uvas.
Final compacto e longo.



Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação destes docinhos.

O meu muito obrigada à Lacticínios do Paiva Ramos Pinto pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.