Pudim de Tangerina


















100 ml de sumo de tangerina
Casca de 3 tangerinas pequenas
200 g de açúcar
90 g de amido de milho
1 L de leite (usei o leite meio gordo Terra Nostra)
8 gemas
1 c. chá de aroma a baunilha
1 pitada de sal (usei a flor de sal Marnoto)
Açúcar branco q.b.


Comece por ferver o leite com uma pitada de sal e as cascas das tangerinas (somente a parte vidrada). Coe, junte a baunilha e reserve.
À parte, misture as gemas com o açúcar, junte o sumo de tangerina e o amido de milho e bata bem para incorporar e não haver grumos (se a mistura estiver demasiado espessa, junte um pouco de leite frio). A este preparado junte o leite quente e em fio, mexendo sempre até ficar homogéneo. Leve novamente ao lume e mexa constantemente até engrossar um pouco.
Transfira o creme para pequenos recipientes de cerâmica, polvilhe abundantemente com açúcar e leve ao forno, pré-aquecido a 200ºC, por 5-10 minutos.
Sirva fresco.


Para preparar esta deliciosa sobremesa, utilizei a cocotte cerâmica de cor vermelha da Staub.







Para acompanhar este pudim, recomendo:



Tawnie de Idade
Vinho do Porto 20 Anos - Quinta do Estanho


Vinho do Porto de qualidade superior.
Elaborado a partir de uma combinação de lotes selecionados de vinhos velhos e jovens, cuja média perfaz a idade indicada no rótulo.
Estagia em barris de carvalho velho e avinhado.

Notas de prova:
Aromas terciários complexos a especiarias com notas de vinagrinho.
Boca suave, agradável, persistente e com prolongada permanência.













Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação desta sobremesa.

O meu muito obrigada à StaubTerra Nostra, Marnoto/Necton e Quinta do Estanho pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.