Bacalhau Puerto Bahia

















2 postas de bacalhau demolhado
2 rodelas de abacaxi
4 camarões (usei o camarão selvagem de Moçambique da Marbeira/Frip)
1/2 cebola média
1 dente de alho
150 g de tomate triturado da Compal
75 ml de azeite
Molho de piripiri q.b. (usei da marca Paladin)
Cebolinho fresco q.b.
1 pitada de pimenta branca da Margão
Farinha q.b.
Sal q.b. (usei a flor de sal Marnoto)
Batatas bravas McCain


Tempere os camarões com sal e pimenta.
Passe as postas de bacalhau, previamente descongeladas, por farinha.
Aqueça o azeite e frite o bacalhau, de ambos os lados, até dourar e começar a lascar. Retire-o para um prato e frite os camarões. Retire-os também, remova as suas cabeças e guarde-os juntamente com o bacalhau.
Ao azeite restante, junte-lh a cebola e o dente de alho, muito bem picados, e deixe-os amolecer. Acrescente o abacaxi cortado em pequenos cubos me o tomate triturado. Tempere com sal, pimenta e molho de piripiri e deixe cozinhar um pouco.
Sirva o bacalhau regado com o molho e polvilhado com cebolinho fresco e picado. Acompanhe com os camarões e batatas bravas.






Para acompanhar este prato, recomendo:



Vinho Branco Alvarinho Estreia - Reserva
Adega Ponte da Barca 
Viniverde

Tipo:Vinho Verde – DOC 
Categoria:Vinho Branco – Alvarinho ∙ Reserva ∙ Sub-Região de Monção e Melgaço 

Vinho Verde de cor citrina, obtido exclusivamente a partir da rigorosa seleção de uma das mais ilustres castas brancas da região — Alvarinho. É um vinho seco com aroma a frutos tropicais e notas minerais, envolvente, fresco e persistente. Vinho elegante com sobriedade aromática, o que faz dele uma companhia aprazível para momentos muito especiais. 










Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Frip, McCain, Compal, Paladin, Margão, Marnoto e Adega Ponte da Barca pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.