Salmão Selvagem com Crumble de Sementes
















Hoje trago mais uma receita com o fantástico Salmão Selvagem do Alasca que descobri!
Estou realmente fascinada com o seu sabor e textura...

Salmão Selvagem do Alasca, sendo este bem diferente do salmão de aquacultura, que todos consumimos. É diferente na cor, na textura, no sabor e nos benefícios para a nossa saúde. 
Aliás, o importante é ter em mente que o salmão proveniente de criação/aquacultura não é tão saudável quanto o selvagem. A maior parte do salmão que chega ao nosso prato tem valor nutricional baixo, elevada taxa de gordura, além de conter corantes artificiais e antibióticos. 
Sempre que possível, opte pelo salmão selvagem. 
É verdade que o preço do salmão selvagem do Alasca é substancialmente mais caro e não se encontra nos supermercados (descobri que há na Makro). Mas, lembre-se que a pesca nos mares do Alasca é sustentável, ambientalmente responsável e certificada.

Aproveito também para vos falar de um azeite muito especial que descobri, o Azeite Escalabitano, que recomendo vivamente.







4 tranches de salmão selvagem do Alasca
8 c. sopa de azeite Escalabitano virgem extra (que pode adquirir aqui)
2 dentes de alho
Sumo de limão q.b.
Flor de sal q.b. (usei a flor de sal Marnoto)
1 pitada de pimenta branca Margão
1.5 c. sopa de mel
1/2 c. sopa de mostarda Dijon da Savora
3 c. sopa de sementes de chia
3 c. sopa de sementes de linhaça
3 fatias de pão 9 cereais, sem códea, da Panrico
Bicarbonato de sódio q.b.
Sal q.b.
Brócolos congelados Frip


Comece por temperar os tranches de salmão selvagem com sumo de limão, flor de sal, pimenta branca e alho picado. Deixe marinar por 30 minutos.
Enquanto isto, torre ligeiramente o pão, adicione-o ao processador de alimentos e reduza-o a uma espécie de farinha. Tempere com uma pitada de sal.
Transfira o peixe para um refratário regado com metade do azeite indicado e reserve.
Misture o mel com a mostarda e pincele, abundantemente, a superfície de cada tranche de salmão com este preparado. Cubra com a farinha de pão, regue com o restante azeite e polvilhe com sementes de linhaça e chia.
Leve ao forno, previamente aquecido, a 200ºC durante 10 minutos.
Enquanto isto, ferva água temperada de sal e bicarbonato de sódio e coza os brócolos al dente.
Sirva o salmão selvagem acompanhado com os brócolos e ambos regados com o azeite quente que resta no refratário.




Para acompanhar este prato, recomendo:



Quinta da Lixa Espadeiro
Rosé

Castas: Espadeiro
Região: Vinhos Verdes

Produzido exclusivamente com a casta que lhe dá nome, este vinho apenas é produzido em anos de elevada qualidade. É um rosé delicado e persistente, com aromas frutados bastante característicos da casta. Na boca, confirma toda a fruta sentida no nariz. A sua frescura natural desvenda o seu carácter frutado.








Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Azeite Escalabitano, Frip, Savora, Panrico, Margão, Marnoto e Quinta da Lixa pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.