Scones de Noz com Manteiga de Cabra e Doce de Abóbora
















50 g de manteiga (usei a manteiga de cabra com sal Palhais)
250 g de farinha com fermento
1 c. chá de fermento em pó Royal
70 g de nozes picadas grosseiramente
6 metades de noz
150 ml de leite
1/2 c. chá de sal (usei o sal marinho Marnoto)
1 c. chá de açúcar
Desmoldante em spray Panol da Sodifer
1 ovo batido
Doce de abóbora Sabores do Campo


Comece por misturar a farinha com o fermento, o sal e o açúcar. Adicione a manteiga em pedacinhos e misture, com as pontas dos dedos, até obter uma espécie de granulado.
Acrescente as nozes picadas e o leite e misture com uma colher de metal (não deve amassar para que os scones fiquem muito fofos). Se a massa se encontrar demasiado pegajosa junte-lhe mais um pouco de farinha.
Forme um disco com a massa e espalme-o até que este tenha 3cm de espessura. Corte amassa em 6 triângulos de tamanho semelhante e coloque-os num tabuleiro forrado com papel vegetal (eu usei somente desmoldante em spray).
Pincele os scones com ovo batido e acrescente, ao centro de cada um, a metade de noz.
Leve ao forno, pré-aquecido a 200ºC, por 15 minutos.



Para acompanhar esta sobremesa, recomendo:


Late Bottled Vintage (LBV) 2009 - Quinta do Estanho

Espuma: Avermelhada
Aroma: Limpo e agradável, com leves notas achocolatadas

Sabor: Limpo e agradável, com taninos equilibrados, denotando ainda um frutado agradável

Vinho do Porto de excepcional qualidade, de uma só colheita oriunda de uvas tintas das castas Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Barroca, Tinta Roriz, entre outras.

Verificado com especial rigor, envelhece em tonéis de madeira até ao 4º ou 6º ano e depois em garrafa.







Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação desta sobremesa.

O meu muito obrigada à Palhais/Saloio, Sabores do Campo, Sodifer, Royal, Marnoto Quinta do Estanho pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.