Migas Doces

















120 g de miolo de pão (usei o pão de forma sem côdea Panrico)
300 ml de água
300 g de açúcar
8 gemas 
2 pedaços de casca de limão
1 pau de canela Margão
Canela em pó Margão


Comece por misturar a água com o açúcar e leve ao lume, deixando ferver por três minutos. De imediato, adicione o miolo de pão esfarelado e deixe cozer por dois minutos ou até se apresentar completamente desfeito.
Retire do lume e junte, em fio e mexendo sempre, as gemas previamente batidas.
Envolva bem e leve novamente ao lume para engrossar um pouco. Transfira as migas para um prato de servir, polvilhe com canela a gosto e sirva depois de completamente frio.




Para acompanhar esta sobremesa, recomendo:


Fundador
Real Companhia Velha

Tawny

Os Vinhos do Porto dedicados aos lotes de Porto Fundador iniciam a fermentação em autovinificadores com contacto pelicular até à interrupção da fermentação através da adição da aguardente vinica. Os candidatos ao lote depois estagiam em balseiros de carvalho de forma a preservar os aromas frutados e toda a frescura do vinho.

Loteado de forma consistente e rigorosa, o Porto Fundador encontra-se entre as marcas mais vendidas de vinho do Porto em Portugal. A sua popularidade é resultado do sucesso em produzir um Tawny jovem e aromático que, apesar do seu envelhecimento em balseiros de carvalho por um período de 5 anos, demonstra aromas jovens de fruta passada e uma doçura harmoniosa. Uma excelente escolha para acompanhar uvas passas, doces e queijos.




Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Panrico, Margão Real Companhia Velha pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.