Panna Cotta de Mel e Demerara com Doce de Mirtilos
















125 g de queijo fresco Queijos Santiago
25 g de mel claro
50 g de açúcar demerara
2.5 folhas de gelatina neutra
1/2 c. chá de aroma de baunilha Vahiné
200 ml de natas
Doce de mirtilos Mirtibérica (encomendas: mirtiberica@hotmail.com)


Comece por hidratar as folhas de gelatina com um pouco de água.
Junte o mel, açúcar, as natas e o queijo fresco (previamente esmagado com um garfo) e bata tudo no processador de alimentos ou usando a varinha mágica. Leve a lume brando para dissolver, sem deixar levantar fervura. Acrescente a gelatina escorrida e mexa para dissolver. De seguida, acrescente a baunilha, mexendo para incorporar bem. 
Transfira o preparado para forminhas metálicas, untadas com óleo, e leve ao frigorífico por 6 horas.
desenforme com cuidado e sirva regado com o doce de mirtilos.




Para acompanhar esta sobremesa, recomendo:


Fundador
Real Companhia Velha

Tawny

Os Vinhos do Porto dedicados aos lotes de Porto Fundador iniciam a fermentação em autovinificadores com contacto pelicular até à interrupção da fermentação através da adição da aguardente vinica. Os candidatos ao lote depois estagiam em balseiros de carvalho de forma a preservar os aromas frutados e toda a frescura do vinho.

Loteado de forma consistente e rigorosa, o Porto Fundador encontra-se entre as marcas mais vendidas de vinho do Porto em Portugal. A sua popularidade é resultado do sucesso em produzir um Tawny jovem e aromático que, apesar do seu envelhecimento em balseiros de carvalho por um período de 5 anos, demonstra aromas jovens de fruta passada e uma doçura harmoniosa. Uma excelente escolha para acompanhar uvas passas, doces e queijos.




Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.
O meu muito obrigada à Queijos SantiagoMirtibérica, Vahiné Real Companhia Velha pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.