Filhós de Laranja














500 g de farinha
3 ovos
1 c. sopa de aguardente
25 g de fermento de padeiro fresco (usei 5 g de fermento em pó para pão Vahiné)
120 ml de sumo de laranja

150 ml de água morna
1 pitada de açúcar
1/2 c. chá de sal (usei a flor de sal Marnoto)
Óleo para fritar
Açúcar
Canela em pó Margão


Comece por misturar a água morna com o sal, uma pitada de açúcar e o fermento. Mexa e aguarde 5 minutos para que o fermento se dissolva.
Peneire a farinha e adicione-a a um recipiente largo. Faça uma cova no centro da mesma e verta nela a mistura de fermento, o sumo de laranja, a aguardente e a água.
Mexa com uma colher de pau até que obtenha uma massa homogénea. Amasse bem e sove (bata a massa com a mão até que esta comece a apresentar bolhas). Quando pronta, a massa deve ser pouco espessa e elástica.
Tape com um pano e deixe levedar, em lugar aquecido, até dobrar de volume (cerca de 2h).
Entretanto, aqueça o óleo e frite a massa que vai moldando com uma colher (passando uma colher na outra para soltar a massa).
Quando as filhós estiverem douradas transfira-as para um passador de rede e depois para papel absorvente. 
Numa taça, misture açúcar e canela a gosto, e passe lá as filhós ainda quentes. 





Para acompanhar esta sobremesa, recomendo:

Royal Oporto 
10 anos
Real Companhia Velha

Este Tawny, envelhecido por 10 anos em cascos de carvalho, trata-se como um vinho do Porto de qualidade superior.
Durante o processo de envelhecimento, os aromas e sabor a fruta simples, característicos de um vinho jovem, desaparecem e começa-se a deslindar uma vasta gama de aromas subtis e evoluídos - onde é possível antever reminiscências de algumas especiarias, como a alcaçuz, a noz e a baunilha, a compota de fruta e a madeira de carvalho.
É nessa altura que o saber e longa experiência dos provadores da Real Companhia Velha intervêm na tarefa de eleger e antever o futuro desenvolvimento dos Vinhos do Porto selecionados, antecipando o toque que cada um deles irá dar ao lote dos 10 Anos.
O aroma e o sabor, característicos destes vinhos, estão assim nas mãos do provador, que procura criar um lote representativo do carácter da Real Companhia Velha.




Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.
O meu muito obrigada à Vahiné, Margão, Marnoto Real Companhia Velha pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.