Crumble de Bolo e Maçã


















4-5 madalenas Panrico
600 g de maçã vermelha
Sumo de meio limão
100 g de açúcar amarelo
1 c. chá de canela Margão
55 g de manteiga Lacticínios do Paiva
100 g de farinha
3 gotas de aroma a baunilha Vahiné
60 g de açúcar


Comece por cortar as maçãs em meias luas não muito finas e regue-as com o sumo de limão. Adicione o açúcar e a canela, envolva e transfira para um recipiente de ir ao forno. 
Salpique um pouco de água sobre o preparado e reserve por 30 minutos.
Corte pedaços pequenos de madalena e coloque sobre a maçã e cubrindo-a por completo. Acalque bem o bolo com uma colher de sopa.
À parte, misture a farinha com o açúcar, a baunilha e a manteiga, usando a ponta dos dedos, até obter uma espécie de granulado. Use-o para polvilhar o preparado anterior, espalhando bem.
Leve ao forno, pré-aquecido a 200ºC, durante durante 25 minutos ou até dourar.




Para preparar esta receita usei o o cortador de legumes/mandolina V3 da Borner que pode adquirir na loja online Borner.

Fiz meias luas de maçã de grossura média.
Para tal, ao espetar a maçã na mandolina, faça-lhe um corte horizontal e que corte a fruta de um lado ao outro, depois é só laminar.








Para preparar este delicioso prato, utilizei a tarteira vermelha de 24cm, em cerâmica, da Staub (adquira a sua aqui).





Para acompanhar esta sobremesa, recomendo:

Royal Oporto 
10 anos
Real Companhia Velha

Este Tawny, envelhecido por 10 anos em cascos de carvalho, trata-se como um vinho do Porto de qualidade superior.
Durante o processo de envelhecimento, os aromas e sabor a fruta simples, característicos de um vinho jovem, desaparecem e começa-se a deslindar uma vasta gama de aromas subtis e evoluídos - onde é possível antever reminiscências de algumas especiarias, como a alcaçuz, a noz e a baunilha, a compota de fruta e a madeira de carvalho.
É nessa altura que o saber e longa experiência dos provadores da Real Companhia Velha intervêm na tarefa de eleger e antever o futuro desenvolvimento dos Vinhos do Porto selecionados, antecipando o toque que cada um deles irá dar ao lote dos 10 Anos.
O aroma e o sabor, característicos destes vinhos, estão assim nas mãos do provador, que procura criar um lote representativo do carácter da Real Companhia Velha.




Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.
O meu muito obrigada à Lacticínios do Paiva, BornerPanrico, Margão,Vahiné Real Companhia Velha pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.