Codornizes Fritas













4 codornizes
4 dentes de alho
1 de c. chá de pimentão doce Margão
1 pitada de pimenta branca Margão
1 folha de louro
Tabasco alho q.b.
200 ml de vinho branco
Sal q.b. 
6 c. sopa de azeite virgem extra - colheita especial - da Quinta da Lixa
Batatas para fritar


Comece por temperar as codornizes, abertas a meio, com os dentes de alho laminados, a folha de louro, o pimentão doce, a pimenta branca e o sal. Regue com o vinho branco e deixe marinar por, pelo menos, 1 hora. 
Ao fim deste tempo, escorra as codornizes e reserve a sua marinada. 
Aqueça o azeite e frite as codornizes até estarem louras de ambos os lados, regue-as com a marinada, adicione molho de piripiri a gosto e tape o tacho. Deixe cozinhar, em lume brando, até estarem cozidas e tenras.
Acompanhe com batatas fritas em palitos finos (usei a mandolina Borner para cortar finos e perfeitos) temperadas de sal.





Para preparar esta receita usei o o cortador de legumes/mandolina V3 da Borner que pode adquirir na loja online Borner.

Fiz palitos de batata finos e perfeitos.









Para acompanhar este prato, recomendo:

Quinta da Lixa Branco 
O tal Vinho da Lixa

Castas: Loureiro, Alvarinho e Trajadura
Região: Vinhos Verdes

O Quinta da Lixa é produzido com algumas das mais nobres castas da região dos vinhos verdes, produzidos e vinificados na região que lhes dá o nome.
Aspecto brilhante e cor citrina. No aroma apresenta um carácter frutado com algumas nuances a frutos tropicais e um caracter floral.
Na boca confirma toda a expectativa criada pela intensidade do aroma, muito equilibrado, este vinho apresenta-se seco com complexidade e persistência.




Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Tabasco, Borner, Margão e Quinta da Lixa pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.