Tagine de Pato com Laranja, Tâmaras e Damascos













4 pernas de pato Marinhave/Quinta da Marinha
3 c. sopa de mel claro
2 c. sopa de sementes de coentro em pó
1 cebola grande
1 c. chá de canela Margão
1 c. chá de açafrão Margão
1 c. chá cominhos em pó
1 c. chá gengibre em pó Margão
100 g de damascos secos
80 g de tâmaras
4 laranjas
1 pitada de pimenta branca Margão
Flor de sal Marnoto
Coentros frescos q.b.
300 g de couscous
300 ml de água quente


Comece por aquecer um tacho largo e adicione-lhe as pernas de pato, com a pele virada para baixo. Em lume alto, doure a pele do pato, virando as pernas para cozinhar de ambos os lados. Retire o pato para um prato, mantendo-o quente.
À gordura do pato quente, adicione a cebola picada e deixe-a amolecer um pouco. Acrescente o gengibre, a canela, o açafrão e os cominhos e deixe cozinhar por 2 minutos. Regue com o mel, mexa, e adicione também o pato, os coentros em pó, o sal e a pimenta. Deixe refogar mais 15 minutos (se necessário, junte um pouco de água, mas pouca).
Junte os damascos e as tâmaras, tape, e deixe cozinhar, em lume brando, por 30-40 minutos ou até a carne estar tenra. Durante este tempo, mexa com alguma frequência para que as especiarias não queimem e retifique o sal.
Enquanto isto, coloque o couscous num recipiente largo e junte-lhe a água fervente temperada de sal. Tape durante 3 minutos e, quando a água estiver totalmente absorvida, solte os grãos com a ajuda de um garfo.
Sirva o pato com o molho de fruta, polvilhado com coentros frescos, e acompanhado pelo couscous e por rodelas de laranja.





Para acompanhar este prato, recomendo:


Alvarinho - Pouco Comum  
Branco
Quinta da Lixa

Castas: Alvarinho 
Região: Vinhos Verdes

Da mais nobre e conhecida casta Portuguesa foi produzido este vinho num ano de excepcional qualidade. Aroma intenso, elegante e muito atractivo com notas florais, frutadas e nuances limonadas, num conjunto de grande carácter e finura. Fruto tropical na boca, acidez bem enquadrada com o fruto. Final longo.


Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à MarinhaveMargão,  Marnoto Quinta da Lixa pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.