Parceria com Mirtisul









É como muito gosto que informo, a todos os que me visitam, acerca da parceria entre o Nárwen's Cuisine e a Mirtisul.
Esta, sediada em Grândola, produz e comercializa frutos vermelhos (mirtilos e amoras) há mais de 13 anos. Sendo de destacar que os mirtilos são produzidos de forma biológica, com todo o rigor e qualidade, o que proporciona aos frutos um sabor inconfundível e inúmeras vantagens para a sua saúde.



Foi em 1995 que surgiu a ideia conjunta a de dois cidadãos franceses, um produtor e um comerciante de frutos vermelhos, de instalar uma produção em Portugal com intuito de entrar no mercado mais cedo. O Alentejo em particular foi escolhido, porque responde aos critérios exigidos pelas culturas.

A plantação dos arbustos de mirtilos foi feita em Janeiro de 2001 na Aldeia do Pico em Grândola. Após dez anos de existência, a MIRTISUL é a maior exploração de modo de produção biológico de mirtilos em Portugal.

Depois de vários ensaios com o INIAP, a Mirtisul decidiu escolher duas variedades de amoras que tem calendário de produção na mesma época que os mirtilos.

Em Grândola, a Mirtisul, tem um pomar de 14 hectares de mirtilos em modo de produção biológico e 250 m² de estufas de amoras.







 Mirtilos

O mirtilo pertence à família das Ericaceae, subfamilía das Vaccinoiodae, género Vaccinium. O fruto é baciforme, globoso e de cor azul. É um fruto pouco energético devido às vitaminas e minerais variados que contém, possui um sabor agridoce e é sumarento.
A Mirtisul cultiva 5 variedades diferentes: Sharp blue, Misty, O’neill, Georgia gem e Star. São variedades “Southern Highbush Blueberry” (SHB) que necessitam de menos horas de frio.
O terreno onde foram plantados os mirtilos reúne condições que promovem o desenvolvimento natural da cultura, razão pela qual passamos sem grandes adversidades para o modo de produção biológico.



 Amoras


A Mirtisul tem uma área de 250 m² de amoras ao ar livre.
As variedades que cultivam, em modo convencional, são a Karaka Black e a Tupi.

A amora (Rubus sp) pertence à família Rosaceae, género Rubus e subgénero Eubatus. É um fruto com cor preta brilhante e de forma oblonga, com um peso médio, por baga, de 10 gr, por vezes mais.







COLHEITA
A apanha dos frutos decorre de Maio até início de Julho. A colheita é feita manualmente e em várias fases de modo a que os frutos sejam colhidos no ponto óptimo de maturação. Os frutos são colhidos directamente para as cuvetes minimizando a sua manipulação e garantindo todas as condições de higiene e segurança alimentar.


VENDAS

A Mirtisul está presente no mercado nacional e internacional. De momento, 90 % da produção está destinada para a exportação. A empresa tem parceria comercial com a empresa "Specialfruit" na Bélgica.
Em Portugal pode adquirir estes fantásticos frutos no Celeiro, Miosotis , Biomercado e Minipreço/Dia.




Para ficar a conhecer, ainda melhor, estes fantásticos produtos passe pelo site da empresa, clicando aqui.

E para terminar não há nada melhor que vos mostrar os fantásticos mirtilos biológicos da Mirtisul. Não dá água na boca só de olhar?

Para comer assim simples ou na confeção de fantásticas receitas é delicioso.







O meu muito obrigada à MIRTISUL pela simpatia e pelos produtos fantásticos que me enviaram.


Por fim, posso dizer que é de louvar a qualidade dos produtos e que estou desejosa de fazer receitas com eles para, mais tarde, partilhar convosco.