Tarte de Morangos Vidrada












300 g de bolacha maria
150 g de manteiga  Lacticínios do Paiva
1 lata de leite condensado
1 lata (use a de leite condensado) de leite
400 ml de natas 
3 gemas
1 c. chá de essência de baunilha
2 c. sopa de amido de milho
500 g de morangos
1 saqueta (85g) de gelatina de morango Royal
12 g de gelatina em pó neutra da Royal
1 c. sobremesa de açúcar



Comece por triturar as bolachas até obter uma espécie de farinha e junte-lhe a manteiga derretida, amassando bem com as mãos. 
Unte uma tarteira de fundo removível (de 25 cm de diâmetro) com margarina e forre o fundo e a lateral com a massa de bolacha. Pressione bem com as mãos e alise a superfície com uma colher. Leve a forno pré-aquecido a 220ºC por 10 minutos. Retire do forno e reserve.
Entretanto, hidrate a gelatina em pó num pouco de água fria. 
Num tacho, junte o leite condensado, o leite (dissolva o amido de milho no leite), as gemas e a essência de baunilha. Misture tudo muito bem, com uma vara de arames, e leve ao lume até que engrosse e obtenha um creme bastante espesso. 
Quando isto acontecer, acrescente a gelatina hidratada e envolva bem para que se dissolva. Desligue o lume e junte as natas, mexendo cuidadosamentepara incorpora-las no preparado.
Sobre a base de bolacha já cozinhada, verta o creme com as natas e aguarde que arrefeça. Quando já estiver frio, forre a superfície da tarte com morangos cortados em rodelas.
À parte, faça a gelatina juntando uma saqueta de gelatina de morango com 250ml de água a ferver e 1 colher de sobremesa de açúcar, misture muito bem para que se dissolva e acrescente mais 250ml de água fria, torne a mexer e verta este preparado, com muito cuidado, sobre a tarte.
Leve ao frigorífico até solidificar. Sirva fresco.



Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Lacticínios do Paiva e Royal pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.