Korma de Camarão (Prawn Korma)












900 g de camarão Vannamei 20/30 Frijobel
1 cebola bem picada
1 fio de óleo de amendoim ou sésamo
4 c. sopa de manteiga Terra Nostra
125 ml de iogurte natural
250 ml de água de cozedura do camarão
1 flor de anis estrelado Margão
1/4 de c. de chá de pimenta de cayenne
2 c. de açafrão em pó
2 c. chá de gengibre em pó
2 c. chá de alho em pó
2 c. chá (rasas) de Caril Madras da Margão
200 ml de natas
4 gemas
200 ml de leite de coco Koala
2 c. chá de garam masala
Flor de sal Marnoto
Folhas de coentros, frescas
Molho de piripiri q.b. (usei Tabasco alho q.b.)
Arroz basmati



Comece por cozer os camarões inteiros em água fervente temperada com sal, molho de piripiri e casca de cebola. Após 5 minutos de cozedura, retire os camarões da água, deixe-os arrefecer um pouco, descasque-os e reserve. Esmague cascas e cabeças e torne a adiciona-las ao caldo, que deve deixar ferver por mais 15 minutos. Ao fim deste tempo, coe a água.
Aqueça o óleo, juntamente com a manteiga, e adicione-lhe a cebola bem picada, em lume reduzido. Para aumentar o aroma do prato acrescentar 1 flor de anis neste momento, contudo, deve remove-la assim que a cebola fritar e se mostrar translucida.
À parte, faça uma pasta com o gengibre, o alho, o caril, o açafrão, a pimenta de cayenne e uma colher de sopa de água. Junte ao preparado anterior e deixe cozinhar durante 2 minutos. 
De seguida, adicione o camarão e um pouco de sal, mexendo bem. Acrescente, também, o leite de coco previamente misturado com as gemas.
Misture as natas com o iogurte e acrescente 250 ml da água de cozedura do camarão, mexa e junte tudo ao tacho, envolvendo muito bem. Aumente a chama até que o molho comece a borbulhar e deixe-o ferver por 10 minutos, mexendo ocasionalmente.
Finalmente, acrescente o garam masala, misture bem e deixe cozer por mais 2 minutos, tornando a mexer. Retifique os temperos e cozinhe mais um pouco para o molho espessar ligeiramente.
Enquanto isto, leve a água ao lume temperada com sal a gosto, óleo de sésamo e o cardamomo verde. Quando ferver acrescente o arroz e tape. Mexa ocasionalmente, e deixe cozer, em lume brando, durante, aproximadamente, 10 minutos. 
No momento e servir, acompanhe com o arroz basmati e polvilhe com folhas de coentros picadas.




Para acompanhar este prato, recomendo:

Terras do Minho
Branco
Quinta da Lixa

Castas: Loureiro, Trajadura e Arinto
Região: Vinhos Verdes

Este vinho provém de castas tradicionalmente utilizadas para a região demarcada dos Vinhos Verdes, em particular na Sub-Região do Sousa.
Com a qualidade característica desta zona privilegiada, este vinho autêntico e genuíno, distingue-se pela riqueza do seu paladar e aroma.






Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Frijobel, Terra Nostra, Koala, Tabasco, Margão, Marnoto Quinta da Lixa pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.