Gratinado Cremoso de Bacalhau e Batata Doce













500 g de bacalhau
650 g de batata doce
3 cenouras
3 dentes de alho
Azeite extra virgem, clássico da Azeite Olival 
600 ml de leite
Hortelã da ribeira biológica Aroma Alentejo (adquirir contatando a empresa por aqui)
60 g de farinha
60 g de manteiga Lacticínios do Paiva
1 pitada de pimenta branca Margão
1 pitada de noz moscada Margão
Sal q.b. (usei a flor de sal Marnoto)
200 ml de natas
200 g de queijo amanteigado de Lamego Lacticínios do Paiva


Comece por cozer o bacalhau (previamente demolhado) em leite. Quando este se apresentar cozido, transfira-o para um prato e descarte peles e espinhas. Desfie o bacalhau e reserve. Coe o leite da cozedura e acrescente-lhe mais leite até fazer 600 ml.
Descaque as batatas, corte-as em pequenos cubos e leve-as a fritar até dourarem. deixe-as escorrer sobre papel absorvente e reserve.
Aqueça o azeite e junte-lhe os dente de alho ficados e as cenouras raladas, deixando refogar um pouco. Adicione o bacalhau desfiado, misture, junte as batatas fritas, envolva e tempere com sal, pimenta e um pouco de hortelã da ribeira.
Enquanto isto, derreta a manteiga e junte-lhe a farinha, mexendo com uma vara de arames. Adicione, aos poucos, o leite que reservou e vá mexendo até a mistura engrossar. Adicione-lhe as natas e tempere com sal, pimenta e noz moscada.
Junte o molho ao preparado de bacalhau, envolva bem e transfira para um tabuleiro de forno. Polvilhe com o queijo picado finamente e leve ao forno, previamente aquecido 200ºC, por 25 minutos.
Sirva quente.




Para acompanhar este prato, recomendo:

Tapada de Villar
Quinta das Arcas

Tinto

Denominação: DOC Alentejo
Ano: 2015
Castas:  Allicante Bouschet, Touriga Nacional, Aragonez, Trincadeira

Visual: Límpido e ruby carregado;
Aroma: Intensidade aromática a especiarias e a frutos vermelhos maduros;
Boca: Boa complexidade, taninos bastante integrados e macios. Final elegante e longo;

Visite a loja online: www.quintadasarcas.com/lojadaquinta/




Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à  Lacticínios do Paiva, Azeite Olival, Aroma Alentejo, Margão, Marnoto e Quinta das Arcas pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.