Maruca com Molho Exótico












1 kg de maruca congelada, em postas, Frijobel
400 g de miolo de camarão
6 camarões inteiros
400 ml de leite de coco, biologico, Origens Bio
1 embalagem de coco tostado, ao natural, Origens Bio
6 rodelas de ananás de conserva
Sal q.b
1 pitada de pimenta branca
2 c. de sopa de caril Madras em pó Margão
1 cebola
2 dentes de alho
1 c. sopa de manteiga
1 fio de azeite
300 g de tomate triturado Compal
2 malaguetas
1 c. de sopa de amido de milho
Coentros frescos, biológicos, Aroma Alentejo (adquirir contatando por aqui)
60 g de amêndoa laminadas

200 g de arroz aromático Bom Sucesso
1 pedaço de cebola
1 noz de manteiga Terra Nostra
400 g de água
1 pitada de pimenta branca Margão
Flor de sal Marnoto




Comece por descongelar o peixe e tempere-o com sal e pimenta.
Derreta a manteiga, junte-lhe um pequeno fio de azeite e aloure a cebola e os dentes de alho picados. Quando amolecerem, acrescente o tomate triturado e deixe refogar, em lume brando, durante alguns minutos.
Acrescente o peixe, refogue-o um pouco, de ambos os lados, e junte os camarões descascados e inteiros, tape o tacho e deixe suar durante 5 minutos. Polvilhe com o caril, mexa e junte as malaguetas esfareladas.
Regue com o leite de coco e com o amido de milho dissolvido num pouco de água. Misture bem, tape o tacho e deixe cozinhar, sobre lume brando durante, 30 minutos, mexendo regularmente. Retifique o sal, adicione o ananás, cortado em pedaços médios, e o coco tostado. Envolva e cozinhe até o molho engrossar um pouco.
Enquanto isto, derreta a manteiga e junte-lhe a cebola bem picada. Deixe-a amolecer um pouco e acrescente a água. Deixe ferver, tempere com sal e pimenta e adicione o arroz. Mexa ocasionalmente, tape e deixe cozer, em lume brando, durante, aproximadamente, 10 minutos.
Sirva o peixe com coentros picados e acompanhe com o arroz. Polvilhe todo o prato com as amêndoas previamente torradas (coloque as amêndoas numa frigideira sem aquisição de gordura e deixe dourar) e sirva quente.



Para acompanhar este prato, recomendo:

Tapada de Villar
Quinta das Arcas
Branco

Denominação: DOC Alentejo
Ano: 2016
Castas:  Roupeiro e Antão Vaz

Cor: Límpido e citrino;
Aroma: Fruta madura destacando-se frutos tropicais com suave toque de baunilha;
Paladar: Estruturada, macio e com boa acidez que confere frescura e juventude.

Visite a loja online: www.quintadasarcas.com/lojadaquinta/






Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Frijobel, Compal, Terra Nostra, Origens Bio, Margão, Bom Sucesso, Aroma Alentejo, Marnoto e Quinta das Arcas pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.