Vitela com Cenouras Coloridas, Batata Doce e Cogumelos (na slow cooker)









1 kg de vitela do acem compridso s/ osso - usei a carne do Alentejo alimentada a bolota do Solar da Giesteira  (compre aqui)
200 g de cogumelos brancos, frescos
250 g de cenouras coloridas
300 g de batata doce
1 cebola grande
3 dentes de alho
1 folha de louro, biológico, Aroma Alentejo (adquirir contatando por aqui)
Salsa fresca, biológica, Aroma Alentejo (adquirir contatando por aqui)
5 c, sopa de azeite extra virgem, biológico, da Azeite Olival 
1 pitada de flocos de piripiri
1 c. chá de farinha
200 ml de vinho branco
200 ml de água
Sal (usei a flor de sal Marnoto)
1 pitada de pimenta branca Margão
1 c. chá de pimentão doce (usei pimentão de la vera da McCormick/Margão)


Comece por temperar o pedaço de carne com sal e pimenta e reserve, no frigorífico, por duas horas (ou de um dia para o outro).
Remova o recipiente de dourar da panela de cozedura lenta e adicione-lhe um poucode azeite, levando-o, de seguida, a um bico, de fogão a gás ou elétrico, para selar a carne. Vire-a e cozinhe de todos os lados.
Volte a colocar o recipiente, de dourar, na panela de cozedura lenta e adicione a cebola em fatias, os dentes de alho laminados e o louro. Tempere com o piripiri e o pimentão doce.
Regue com o vinho branco e com a água, coloque a tampa na panela e ligue-a na posição 2. Deixe cozinhar durante 3 horas.
Ao fim deste tempo, acrescente a batata doce em cubos pequenos e as cenouras coloridas, descascadas e cortadas em pedaços longos. Tempere com um pouco mais de sal e salsa picada. 
Deixe cozinhar por mais duas horas e acrescente a farinha, envolvendo-a no molho para que se dissolva, e os cogumelos inteiros. Cozinhe por mais uma hora e sirva quente.







Para ser possível confecionar este prato utilizei a panela de cozimento lento de dourar (slow cooker) da Russell Hoobs.

Para adquirir este fantástico produto, basta dirigir-se à Worten do Colombo e Matosinhos. Ou pode encomendar em qualquer Worten. Tem um PVP de 45€ .



Para acompanhar este prato, recomendo:

Penedo Gordo Tinto
Quinta das Arcas


Denominação:Vinho Regional Alentejano
Ano: 2015
Castas: Aragonêz, Trincadeira, Alicante Boushet, Touriga Nacional

Visual: Cor granada e concentrada;
Aroma: Aromas intensos e frutados, frutos vermelhos;
Boca: Macio e aveludado. Bem estruturado, os taninos e a acidez estão bem conjugados com a fruta abundante

Visite a loja online: www.quintadasarcas.com/lojadaquinta/





Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Solar da Giesteira,  Russel Hoobs, Aroma Alentejo, McCain, Azeite Olival, Margão, Marnoto e Quinta das Arcas pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.