Folhados Mistos com Ananás e Molho Agridoce











150 g de fiambre da perna extra Nobre
200 g de queijo com de tomate e mangericão Lacticínios do Paiva
1/3 de abacaxi
350 g de massa folhada, em placa retangular
Ovo batido

Molho agridoce
1 c. sopa de óleo de amendoim
2 c. sopa de ketchup Heinz
1 c. sopa de concentrado de tomate Compal
300 ml de água quente
1 c. sopa de molho de soja de soja light Amoy
2 c. sopa (cheias) de açúcar branco
1. 5 c. sopa de amido de milho
3 c. sopa de vinagre de arroz (que pode adquirir na Gloodclicando aqui)
80 ml de água fria
Sal q.b.



Comece por preparar o molho agridoce misturando o óleo com o concentrado de tomate e o ketchup. Leve ao lume e vá acrescentando a água quente, aos poucos. Adicione também o molho de soja, o vinagre, o açúcar e uma pitada de sal.
Envolva e acrescente o amido de milho previamente dissolvido na água fria. Baixe o lume e deixe engrossar, mexendo ocasionalmente.
Corte a massa folhada em retângulos de 12x5 ou medidas aproximadas. Dobre-os a meio de modo a fazer um quadrado, vinque ligeiramente, e volte a abrir.
Sobre cada pedaço de massa folhada que cortou (apenas num dos lados destes), coloque um quadrado (dobrado) de fiambre e outro de queijo. Sobre estes, adicione uma pequena porção de abacaxi picado e um pouco do molho agridoce. Dobre a massa e forme uma espécie de almofada com a mesma. Pressione as laterais da massa, a toda a volta do folhado, para que unam e marque as mesmas com os dentes de um garfo.
Disponha os folhados num tabuleiro com papel vegetal, pincele-os com o ovo batido e leve ao forno, pré-aquecido nos 180ºC, durante 25 minutos.
Sirva morno.





Para acompanhar este prato, recomendo:

Conde Villar - Tapada de Villar
Quinta das Arcas
Branco

Denominação: Vinho Regional Alentejano
Ano: 2016
Castas:  Roupeiro e Antão Vaz

Aspecto: Cor límpida e citrina.
Aroma: Aroma bastante frutado com tonalidades florais.
Paladar: Caracteriza-se como seco, no entanto é bastante redondo, com uma acidez vincada que casa na perfeição com o álcool
Visite a loja online: www.quintadasarcas.com/lojadaquinta/





Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Nobre, Lacticínios do Paiva, Compal, Heinz, Amoy, Glood e Quinta das Arcas pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram