Espadarte com Molho de Manga e Maracujá









2 postas de espadarte Frijobel
4 dentes de alho
Sumo de limão
Sal dos Himalaias em moinho Kotanyi
1 pitada de pimenta branca
80 ml de azeite
1/2 c. chá de pimenta rosa em grão (que pode adquirir na Gloodclicando aqui)
1 c. sopa de manjerona picada, biológica, Aroma Alentejo (adquirir por aqui)

175g de arroz selvagem mix
350ml de água
1 pedacinho de manteiga Lacticínios do Paiva
1/2 cebola pequena
Sal q.b.

Molho de Manga e Maracujá:
1/2 manga
4 maracujás
1/2 c. chá de amido de milho
5 c. sopa de água
1 c. sopa de açúcar

Prato raso, 24 cm, branco, coleção Pérola da MOLDE


Comece por temperar o peixe com sal, dois dentes de alho picados, pimenta e sumo de limão. Reserve de um dia para o outro.
Aqueça o azeite e junte-lhe dois dentes de alho laminados. Deixe-os libertar o seu aroma por 1 minuto e adicione o peixe. Aloure-o de ambos os lados e acrescente a pimenta rosa e a erva aromática, bem picada. Cozinhe até que o peixe fique bem cozinhado de ambos os lados.
Enquanto isto, aqueça a água e junte-lhe a cebola picada e a manteiga. Tempere com sal e, assim que levantar fervura, adicione o arroz. Envolva e cozinhe, em lume brando, com o tacho tapado por cerca de 12 minutos.
Sirva o peixe regado com o molho e acompanhe com o arroz selvagem.

Molho de Manga e Maracujá:
Retire a polpa aos maracujás e deixe ficar as sementes. Dissolva o amido num pouco da água indicada e adicione a restante a um tacho. Junte-lhe o açúcar e a polpa de maracujá e metade da manga, em cubos pequenos, leve a lume brando. Mexa e deixe ferver por 2-3 minutos, acrescente o amido, envolva com uma vara de arames e deixe espessar um pouco.  Junte a restante manga em cubinhos, envolva e deixe arrefecer antes de usar.




Para acompanhar este prato, recomendo:



Penedo Gordo
Quinta das Arcas
Branco

Denominação: DOC Alentejo
Ano: 2016
Castas:  Roupeiro 50%, Antão Vaz 50%

Visual: Cor límpido e citrino.
Aroma: Bastante frutado com tonalidades orais.
Boca: Caracteriza-se como seco, no entanto é bastante redondo, com uma acidez vincada que casa na perfeição com o álcool. Ligeira acidez com um bom final de boca.
Visite a loja online: www.quintadasarcas.com/lojadaquinta/




Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Molde, Frijobel, Glood, Aroma Alentejo, Kotanyi, Lacticínios do Paiva e Quinta das Arcas pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.