Folar de Bacalhau


















2 postas de bacalhau demolhado 
600g de farinha
100g de margarina
1dl de azeite (usei o azeite virgem extra Monsaraz da marca Carmim)
200ml de leite morno 
2 ovos
20g de fermento de padeiro 
1 colher de chá de sal (usei a flor de sal Marnoto)
1 cebola grande
6 dentes de alho
1 pitada de pimenta branca (usei da marca Margão)
1 ovo para pincelar



Amasse a farinha com o sal e a margarina derretida.
Dilua o fermente no leite morno e verta-o sobre o preparado anterior. Amasse bem e adicione os ovos, um a um. Torna a amassar até obter uma massa lisa e ligeiramente elástica. Forme uma bola, cubra com um pano e deixe levedar por 1 hora.
Coza o bacalhau, escorra-o e limpe-o de peles e espinhas. Lasque-o e reserve.
Adicione o azeite a uma frigideira, junte-lhe os alhos bem picados e deixe-os cozinhar por 1 minuto, em lume baixo. Adicione a cebola em meias-luas, envolva e deixe cozinhar até que amoleçam, mas sem queimar. Acrescente o bacalhau ao preparado, tempere com sal e pimenta, mexa e deixe cozinhar por 2-3 minutos. 
Pré-aqueça o forno a 170ºC.
Entretanto, separe 2/3 da massa e, com ela, sobre uma superfície enfarinhada, molde uma bola. Faça um buraco no centro da bola de massa (suficientemente grande para caber lá todo o preparado de bacalhau), adicione-lhe o bacalhau. Pincele com água os rebordos da massa e disponha por cima a outra parte da massa previamente moldada em disco. Pressione bem a massa dando-lhe a forma circular e tendo a certeza que as duas partes se encontram bem unidas. Pincele com o ovo batido e leve ao forno por 30 minutos ou até dourar.



Para acompanhar este folar, recomendo:


Touriga Nacional

Monsaraz - Alentejo Doc
Carmim

Uvas provenientes de talhões selecionados, com maceração pré-fermentativa de 48h, seguida de fermentação a 24ºC com recurso a mergulhia robotizada de manta, maceração total de 15 dias, seguida de estágio em barrica de nova de carvalho francês durante 12 meses. Após engarrafamento o vinho estagia em garrafa durante 6 a 8 meses.

O vinho apresenta-se com uma cor granada carregada, com aromas de fruta preta madura e algumas notas florais, de café e chocolate, em boca é potente, fresco com taninos firmes e um final de prova prolongado







Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste folar.

O meu muito obrigada à Margão, Necton Carmim pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.