Petingas Fritas com Arroz de Feijão









400 g de petingas
Sal  (usei a flor de sal Marnoto)
1/2 chávena de farinha de trigo
Óleo para fritar

Arroz de feijão:
1 chávena de chá de arroz carolino Bom Sucesso
2 chávenas de chá de água
1/2 cebola
50 g de tomate triturado Compal
3 c. de sopa de polpa de tomate Compal
1 lata pequena de feijão encarnado Compal
120 ml de vinho branco
1 haste de salsa biológica, Aroma Alentejo (adquirir contatando por aqui)
Sal
1 fio de azeite azeite extra virgem, clássico, da Azeite Olival



Comece por arranjar as petingas, puxando o peixe pelas guelras e retirando toda a tripa. Passe-as por água, lavando-as bem, e tempere com sal. Deixe repousar por 1.30 minutos.
Passe as sardinhas por farinha, sacudindo o excesso, e leve-as a fritar em óleo quente. Assim que dourarem de ambos os lados, coloque-as sobre papel absorvente para escorrer o excesso de óleo.
Enquanto isto, aqueça o azeite e junte-lhe a cebola picada. Deixe-a amolecer e acrescente o tomate triturado e deixe refogar um pouco, mexendo. Acrescente o arroz e deixe também refogar um pouco e regue com o vinho branco. Quando este evaporar ligeiramente, junte a água, a polpa de tomate, a salsa picada e tempere com sal.
Tape e cozinhe, em lume brando, até o arroz cozer, tendo em atenção que o arroz deve manter-se com um pouco de caldo (se necessário, junte mais água). Quando o arroz estiver quase pronto, junte o feijão, envolva e deixe terminar de cozer.
Sirva as petingas fritas com o arroz de feijão e  acompanhe com uma salada mista.




Para acompanhar este prato, recomendo:

Quinta da Lixa Branco 
O tal Vinho da Lixa

Castas: Loureiro, Alvarinho e Trajadura
Região: Vinhos Verdes

O Quinta da Lixa é produzido com algumas das mais nobres castas da região dos vinhos verdes, produzidos e vinificados na região que lhes dá o nome.
Aspecto brilhante e cor citrina. No aroma apresenta um carácter frutado com algumas nuances a frutos tropicais e um caracter floral.
Na boca confirma toda a expectativa criada pela intensidade do aroma, muito equilibrado, este vinho apresenta-se seco com complexidade e persistência.

Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.



O meu muito obrigada à Compal, Azeite Olival, Bom Sucesso, MarnotoMargão e Quinta da Lixa pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.