Shish Kebab Armênio








400 g de acem de vitela, comprido e sem osso do Alentejo, criado ao ar livre em pastagem natural com bolota Solar da Giesteira (compre aqui)
1 c. sopa de sumo de limão
2 dentes de alho
1 c. chá de vinho branco
1/2 folha de lourobiológico, Bio Aroma Alentejo (adquirir por aqui)
1 pitada de oregãosbiológico, Bio Aroma Alentejo (adquirir por aqui)
1 pitada de alerimbiológico, Bio Aroma Alentejo (adquirir por aqui)
1 pitada de pimenta preta
1 cebola
Sal

Arroz pilaf:
1 copo de arroz (usei o arroz aromático Bom Sucesso)
500 ml de água
1 cubo de caldo de carne
1.5 c. sopa de azeite
1/2 cebola picada
3 cm de aipo
1 c. chá de sal marinho Marnoto q.b.
1 pitada de pimenta Margão
1 pitada de pimenta cayenne
Salsa fresca, picada, biológica,  Bio Aroma Alentejo (adquirir por aqui)

Molho de alho:
6 c. sopa de maionese Paladin
8 c. sopa de natas
1/2 c. sopa de cebolinho
1/2 c. sopa de salsa moída
4 c. chá de sumo de limão
2/3 c. chá de alho moído

Grelhador a carvão, portátil, sem fumo ArtiGrill (adquira por aqui)
Carvão casca de côco, ecológico, ArtiGrill (adquira por aqui)




Comece por cortar a carne em cubos de tamanho semelhante e tempere com sal, pimenta, sumo de limão, os dentes de alho laminados, o vinho branco, o azeite, folha de louro, oregãos e alecrim. Envolva e deixe marinar, no frigorífico, durante 24 horas.
Ao fim deste tempo, distribua os cubos de carne por paus/ferros para espetadas.
Prepare o grelhador e grelhe a carne até ganhar cor de ambos os lados e se encontrar tenra. Enquanto vai grelhando, pincele-a com a marinada.
Enquanto isto, prepare o arroz, aqueça um frigideira com azeite e junte-lhe o arroz e aloure-o bem. Adicione a cebola e o aipo picados e deixe-os amolecer, em lume brando.
Tempere com, apenas, um pouco de sal, pimenta e cayenne. Regue com a água, junte o caldo de carne, e cozinhe o arroz até que absorva toda a água e se apresente dourado e solto (irá demorar 15 a 20 minutos). Retire do lume e deixe repousar, tapado, por 5 minutos. Polvilhe com a salsa picada.
Sirva a carne grelhada com o molho de alho e acompanhe com o arroz pilaf.


Molho de alho:
Num recipiente coloque as natas com o sumo de limão e aguarde 15 minutos ou até que estas talhem, isto preparado irá transformar-se em natas azedas (sour cream).
À parte misture os restantes ingredientes e quando as natas estiverem no ponto adicione-as também. A água deve ser adicionada conforme a consistência que desejar. Entretanto, mexa muito bem o molho com uma vara de arames, e prove para que saiba se é necessários ajustar os ingredientes (caso queira um sabor mais intenso a alho ou a limão adicione mais mais um pouco destes ingredientes).
Como este molho tem tendência a ficar ainda mais saboroso com o passar das horas, aconselho que o façam de véspera (ou guardá-lo no frigorífico durante 24 horas entes de ser consumido), mas para tal, terão de o ajustar em termos de consistência, ou seja, se após as horas em que esteve guardado no frigorífico o molho se encontrar demasiado espesso, devem colocar um pouco mais de água antes de servir (mais 2/3 colheres de água, aproximadamente). Se ficar um pouco líquido adicione 1 colher de maionese.


Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Solar da Giesteira, Artigrill, Arroz Bom SucessoAroma Alentejo, Paladin, Margão, Marnoto pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.