Marquise de Chocolate com Pêras e Biscoitos Folhados


















5 pêras
50g de manteiga (usei da marca Terra Nostra)
1 pedacinho de casca de limão
1 pau de canela (usei da marca Condi)
220g de chocolate negro
1 dl de natas
120g de biscoitos folhados caramelizados (usei da marca Du Bois de la Roche)
180g de açúcar + 2 colheres de sopa
4 ovos
12g de gelatina em pó (usei da marca Vahiné)
Pérolas prateadas q.b.
1 folha de papel vegetal
Óleo vegetal q.b.


Descasque as pêras, corte-as em gomos e descarte as sementes. Leva-as a cozer num pouco de água com o pau de canela, 1 pedacinho de casca de limão e 1 colher de chá de açúcar. Quando se encontrarem cozidas, mas firmes, retire-as do lume e escorra-as.
Unte, com óleo, três forminhas rectangulares, de tamanho pequeno, ou uma forma de bolo inglês. forre-as com papel vegetal e reserve.
Entretanto, junte a gelatina a seis colheres de sopa de água fria e aguarde 5 minutos.
Num recipiente, junte 100g de chocolate picado com a manteiga e eleve a banho-maria para derreter, mexendo bem. Junte-lhe o açúcar previamente batido com as gemas e envolva até obter um creme. Leve a gelatina a banho-maria e, quando se dissolver, acrescente-a ao creme de chocolate. Deixe arrefecer um pouco e junte-lhe as claras previamente batidas em castelo firme.
Nas formas, ou forma, que preparou, comece por colocar uma camada de creme de chocolate. Posteriormente deve colocar camadas de pêra, creme de chocolate, biscoitos folhados e creme de chocolate, devendo terminar com os biscoitos (esta será a base da marquise ao desenforma-la).
Leve ao frigorífico durante 6 horas, desenforme com cuidado para um prato de servir e regue com o molho de chocolate que deve preparar juntando as natas quentes ao chocolate picado envolvido no açúcar e mexendo até obter um molho espesso.
Decore com pérolas prateadas e sirva.



Para acompanhar esta sobremesa, recomendo:




Late Bottled Vintage (LBV) 2003 - Quinta do Estanho

Vinho do Porto de excepcional qualidade, de uma só colheita oriunda de uvas tintas das castas Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Barroca, Tinta Roriz, entre outras.
Verificado com especial rigor, envelhece em tonéis de madeira até ao 4º ou 6º ano e depois em garrafa.

Notas de Prova: Vinho retinto na cor, frutado e encorpado no paladar. 











Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação desta sobremesa.

O meu muito obrigada à Terra Nostra,Vahiné, Du Bois de la Roche, Condi e Quinta do Estanho pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.