Cupcakes "Dia das Bruxas"



















175 g de farinha
1/4 c. chá de bicarbonato de sódio
2 c. chá de fermento em pó
70 g de cacau em pó (usei o cacau com frutose da marca Sovex)
1 pitada de sal
3 c. sopa de manteiga amolecida
220 g de açúcar mascavado (usei o açúcar mascavado da marca Sovex)
2 ovos
1 colher de sopa de licor de chocolate (usei da marca Chocolicor)
4 gotas de aroma a baunilha
240 ml de leite (usei o leite meio-gordo Terra Nostra

Cobertura:
1 embalagem pequena de fondant/pasta de açúcar verde (usei da marca Vahiné)
1 embalagem pequena de fondant/pasta de açúcar vermelha  (usei da marca Vahiné)
1 embalagem pequena de fondant/pasta de açúcar preta (usei da marca Vahiné)
1 embalagem pequena de fondant/pasta de açúcar branca  (usei da marca Vahiné)
Granulados de chocolate negro q.b.
Açúcar em pó q.b.
Geleia de laranja q.b. (usei da marca Mckays)



Pré aqueça o forno a 175ºC.
Prepare 18 formas de muffins, untando-as e enfarinhando-as (ou adicione somente forminhas de papel). Coloque-as dentro de um tabuleiro de ir ao forno, reserve.Comece por misturar a farinha com o fermento, o bicarbonato, o cacau e o sal. Reserve.
Noutro recipiente bata a manteiga com o açúcar até obter um creme fofo. Adicione os ovos, um a um, e batendo sempre e acrescente o licor e a baunilha, mexendo. Incorpore a mistura de farinha, aos pouco, intercalando-a com o leite e mexendo bem.
Coloque a massa nas formas preenchendo apenas ¾ da sua capacidade. 
Leve ao forno por 15-17 minutos, aproximadamente (faça o teste do palito). Retire do forno e deixe arrefecer na forma por 5 minutos, desenforme e deixe arrefecer sobre uma grade.

Para fazer a cobertura deve começar por espalhar um pouco de açúcar em pó sobre a superfície de trabalho e, também, pelo rolo da massa. Sobre o açúcar deve esticar as pastas de açúcar verde e branca. 
Com um cortador de massa redondo deve fazer vários recortes em ambas as pastas de açúcar para, com eles, formar a base para cobrir cada um dos cupcakes.
Com as pastas de açúcar verde, vermelho e preto deve moldar os bonequinhos alusivos ao halloween e coloca-los sobre as bases que formou, tendo em conta que deve colar cada uma das peças entre si, pincelando-as com geleia.

Nota: Rende 18 muffins, aproximadamente.



Para acompanhar esta sobremesa, recomendo:


Porto Collector Reserva
Ramos Pinto

Mistura de castas provenientes de vinhas velhas tradicionais portuguesas.  De vários lotes jovens é criado um bouquet de cinco anos.

Notas de prova:
A borda vermelha pálida à volta do copo é o único sinal visível de maturidade. A área intermédia que, inicialmente, é opaca, evolui para um vermelho escuro translúcido. Por fim, na base do copo, a cor é de um vermelho intenso.
A sua tipicidade aromática é caracterizada pela semelhança com o vintage, devido ao seu potente fruto dominante e denso, denunciando uma profunda maturação de frutos, tais como a ameixa seca, figo, amora, framboesa e cereja.
O ataque é suave, notando-se uma sensação glicorosa equilibrada e cheia na boca. A sua maturidade de frutos revela-se-nos de uma forma saborosa, exaltando os aromas rectro-nasais mais voláteis e evoluídos. A persistência é notável.





Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação destes docinhos.

O meu muito obrigada à Vahiné, Terra Nostra, Sovex, Mckays, Chocolicor Ramos Pinto pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.