Hambúrguer de Frango Crocante

















250 g de peito de frango
50 g de cebola
1/2 c. chá de sal (usei o sal marinho Marnoto)
1/3 c. chá de alho em pó
1 pitada de piripiri em pó
1 pitada de pimenta branca da Margão
60 ml de leite
Pão ralado q.b. da marca Rialto
Pão ralado com alho e ervas q.b. da marca Rialto
1 fio de azeite (usei o azeite virgem extra - colheita especial - da Quinta da Lixa)

3 pães de hambúrguer da Panrico
6 fatias de grosseiras de paio york da Sicarze
6 fatias de queijo fatiado meio gordo da Lacticínios do Paiva
2 tomates redondos
Maionese Hellmann's
1/2 alface frisada
Batatas Julienne da McCain


Comece por preparar os hambúrgueres; corte o peito de frango em pedaços, coloque-os no processador de alimentos, junte-lhe a cebola picada grosseiramente e reduza a mistura a puré. Acrescente o sal, a pimenta, o piripiri e o alho em pó e processe novamente. Transfira o preparado para um recipiente, junte-lhe o leite, misture bem e já juntando pão ralado aos poucos até obter uma massa consistente e que mal grude nas mãos. Divida o preparado em três porções de tamanho semelhante, achate-as e dê-lhes a forma de hambúrguer. Passe os hambúrgueres, de ambos os lados, pelo pão ralado com alho e ervas e leve-os a fritar em azeite quente. Cozinhe-os, em lume brando, e até dourarem de ambos os lados. Deixe-os escorrer sobre papel absorvente e reserve.

Abra o pão a meio e adicione-lhe duas fatias grossas de paio york, acrescente o hambúrguer de frango e de seguida duas fatias de queijo. Acrescente duas fatias, finas, de tomate, maionese, duas folhas de alface e mais um pouco de maionese. Termine cobrindo com a outra parte do pão e acompanhe com batatas julienne preparadas no forno.





Para acompanhar este prato, recomendo:


Quinta da Lixa Branco 
O tal Vinho da Lixa

Castas: Loureiro, Alvarinho e Trajadura
Região: Vinhos Verdes

O Quinta da Lixa é produzido com algumas das mais nobres castas da região dos vinhos verdes, produzidos e vinificados na região que lhes dá o nome.
Aspecto brilhante e cor citrina. No aroma apresenta um carácter frutado com algumas nuances a frutos tropicais e um caracter floral.
Na boca confirma toda a expectativa criada pela intensidade do aroma, muito equilibrado, este vinho apresenta-se seco com complexidade e persistência.







Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Sicarze, McCain, Lacticínios do Paiva, Panrico, Hellmanns, Rialto, Margão, Marnoto e Quinta da Lixa pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.