Travesseiros de Chèvre e Painho com Maçã, Mel e Nozes


















150 g d equeijo chèvre da Palhais
250 g de massa folhada retangular
70 g de painho de porco preto Sicarze  disponível no Intermarché e Comércio Tradicional
2 maçãs vermelhas
Metades de noz q.b.
Mel q.b. (usei o mel de rosmaninho da Apimel)
1 ovo batido
Sementes de chia


Comece por cortar a massa folhada em quadrados com 8cm. Ao centro destes coloque duas fatias de maçã descascada e cubra com duas rodelas, finas, de queijo chèvre. Adicione pedacinhos de noz e cubinhos de painho. Regue com um pouco de mel e dobre a massa de modo a obter um quadrado semelhante a um embrulho. Dobre as pontas para baixo do folhado e, com cuidado, vire-o, de forma a que as dobras fiquem bem seladas na parte de baixo.
Volte o folhado para cima novamente e faça-lhe pequenos cortes com uma faca, para que saia o vapor, enquanto coze. Pincele com ovo batido e polvilhe com as sementes de chia.
Transfira os folhados para um tabuleiro forrado e leve-os ao forno, pré-aquecido a 220ºC, por 15-20 minutos.
Sirva-os mornos.




Para acompanhar este prato, recomendo:

Arca Nova
Quinta das Arcas


Denominação: Regional Minho IV
Ano: 2014
Castas: Alvarinho e Trajadura

Aroma: Fruta abundante com notas complexas de citrinos onde se destaca a toranja. De salientar ainda o ananás bem integrado no conjunto. Paladar: Estrutura complexa. Volumoso na boca com uma excelente acidez crocante completa o conjunto. Perfeito equilibrio entre alcool e acidez.

Uvas colhidas à mão e a uma curta distancia da adega. Desengace total para extração dos aromas mais frescos. Fermentação a baixas temperaturas.

Visite a loja online: www.quintadasarcas.com/lojadaquinta/



Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Palhais (Saloio), Sicarze, Apimel e Quinta das Arcas pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.