Costeletas de Vitela Grelhadas com Ananás Caramelizado e Molho de Camarão













2 costeletas de vitelão do acém redondo - usei a carne do Alentejo alimentada a bolota do Solar da Giesteira   (compre aqui)
1/3 c. chá de alho em pó
1 fio de azeite
1 pitada de pimenta Margão
Flor de sal Marnoto
1/2 abacaxi
1 c. sopa de manteiga Terra Nostra
1 c. sopa de açúcar amarelo
300 g de camarões black tiger da Frijobel
2 c. sopa de whisky
200 ml de natas
1/2 de sopa instantânea creme de marisco
200 ml de água
1/3 de um ramo de coentros
Batatas "fritas" para forno
Alface q.b.


Comece por temperar as costeletas de vitela com pimenta, alho em pó e flor de sal. 
Retire a casca ao abacaxi, corte-o em rodelas com cerca de 2 cm de espessura e coloque-as sobre as costeletas, deixando tomar gosto por duas horas. 
Deixe os camarões descongelar, descasque-os e faça-lhes um corte no lombo, retirando-lhes o filamento escuro.
Aqueça um pouco de azeite e adicione-lhe a manteiga, deixe derreter e junte os camarões. Tempere com sal e pimenta e deixe-os ganhar cor de ambos os lados. Retire-os para um prato. 
Adicione o whisky à gordura que restou de saltear os camarões e regue com o creme de marisco previamente dissolvido na água. Deixe aquecer e mexa, acrescente as natas e envolva para obter um creme homogéneo. Retifique os temperos e polvilhe com coentros frescos picados.
Enquanto isto, leve uma chapa para grelhados ao lume e deixe aquecer bem. Pincele as costeletas de vitela com azeite e grelhe-as de ambos os lados sobre a chapa quente. Assim que estiverem no ponto que prefere, retire do lume. Coloque as rodelas de ananás sobre a chapa, polvilhe-as com um pouco de açúcar e deixe caramelizar, virando-as assim que dourarem.
Sirva as costeletas com o ananás caramelizado em cima e regadas com o molho de camarão.
Acompanhe com uma salada de alface e batatas em palitos "fritas" no forno.



Para acompanhar este prato, recomendo:



Pontual Wines 
PLC - Companhia de Vinhos do Alandroal
Tinto :: Reserva

Castas: Alicante Bouschet (80%), Touriga Nacional (10%) e Syrah (10%)
Região: Alentejo
Enólogo: Paolo Fiuza Nigra


Prova 
Cor: Vermelha escura.
Aroma: Bastante intenso e poderoso, onde sobressaem notas de cassis e ameixa preta, estando tudo em harmonia com a madeira.
Paladar: Macio, muito bem estruturado e untuoso. Taninos arredondados e presentes. Um conjunto vigoroso.





Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Solar da Giesteira, Frijobel, Terra Mostra, Margão, Marnoto e Pontual Wines pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.