Wrap com Recheio Tropical









500 g de mamão formosa Frutana (disponível nas lojas Jumbo, El Corte Inglês e Aldi)
1 alface média
250 g de queijo branco Indulac (queijo indicado para grelhar ou fritar)
200 g de fiambre, da perna extra, finíssimo Nobre
Molho caesar da Heinz

Wraps:
250 g de farinha
50 g de margarina
1 c. de chá (mal cheia) de sal (usei a flor de sal Marnoto)
1 pitada de açúcar
125 g de água


Comece por preparar os wraps e, com eles mornos, barre-os com o molho caesar.
Numa chapa ou grelhador, adicione pedaços de queijo branco com 1 cm de espessura e deixe-o grelhar até começar a fazer bolhas. Vire, e execute o mesmo processo do outro lado. Corte o queijo em quadrados médios.
A cada wrap, adicione pedaços de alface, cubos de mamão, fiambre e o queijo grelhado. Enrole como se fosse um charuto e sirva de imediato.


Com Robot de cozinha KCook Multi da Kenwood:
Coloque a lâmina na taça da kCook Multi, adicione a farinha, a margarina, o sal e o açúcar. Programe 1 minuto na velocidade 8. Junte a água e programe mais 3 minutos, na velocidade 6.
Divida a massa em 8 bolinhas ,de tamanho semelhante, coloque-as sobre um pano, achate-as e cubra com outro pano. Reserve por 30 m.
Estique a massa em círculos finos e leve-os a cozer sobre uma frigideira quente, sem adição de gordura, até ganhar cor. Vire e cozinhe do outro lado. 

Método tradicional:
Peneire a farinha com o sal e o açúcar. Incorpore a manteiga à farinha e adicione água, pouco a pouco, até obter uma massa homogénea e elástica. Faça 8 bolinhas, coloque-as sobre um pano polvilhado com alguma farinha  e, com a mão fechada, achate-as um pouco. Depois tape-as com outro pano e deixe descansar por 30 minutos.
Abra as bolinhas com um rolo da massa e estique-as de forma a ter um circulo. Coloque uma frigideira anti-aderente (sem gordura) ao lume e quando estiver bem quente, coloque um disco da massa e deixe tostar cerca de 30 segundos de cada lado, ou até que fique dourado.







Para acompanhar este prato, recomendo:


Conde Villar Loureiro
Quinta das Arcas


Denominação: DOC Vinho Verde
Ano: 2016
Castas: Loureiro

Vinho com aspecto límpido e cristalino, com leves reflexos palha;
O seu aroma é intenso e frutado com aromas de frutos tropicais como a manga e a banana; leves notas florais que se misturam com a fruta abundante. Na boca tem uma estrutura bem definida e frescura activa característica de um bom vinho verde.

Visite a loja online: www.quintadasarcas.com/lojadaquinta/







Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Kenwood, Frutana, Nobre, Indulac, Heinz, Marnoto e Quinta das Arcas pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.