Bolo de Amêndoa com Doce de Ovos









Bolo:

200 g de amêndoa 
200 g de manteiga Lacticínios do Paiva
200 g de açúcar
150 g de farinha
300 g de ovo liquido pasteurizado Dovo (equivalente a 6 ovo M) da Derovo
1 c. de chá de fermento Vahiné

Doce de ovos:
200 g de gemas de ovo Dovo (equivalente a 12 gemas de ovo M) da Derovo
250 ml de água
300 g de açúcar

Decoração:
Fios de ovos (receita aqui)
Cerejas em cocktail ao Marachino (que pode adquirir na Gloodclicando aqui)
50 g de amêndoa picada
Amêndoas inteiras q.b.


Com Robot de cozinha KCook Multi da Kenwood:
Coloque a lâmina na taça da kCook Multi. Na taça, coloque as amêndoas e programe 3 minutos na velocidade 6 e mais 3 minutos de velocidade 11.
Adicione o açúcar, os ovos e a manteiga e programe 5 minutos, na velocidade 6. Junte a farinha e o fermento e programe 2 minutos na velocidade 5.
Coloque a massa numa forma média, untada e enfarinha, e leve ao forno, previamente aquecido a 200ºC, por 30-40 minutos.
Corte o bolo a meio, recheio com doce de ovos, cubra com a outra metade do bolo e barre com o restante doce de ovos. Adicione a amêndoa picada na lateral do bolo, adicione fios de ovos à volta da superfície do bolo e decore com cerejas e amêndoas inteiras.

Lave a taça e coloque-lhe o acessório de mistura. Na taça, junte a água e o açúcar e marque 100º de temperatura, na velocidade 3, durante 20 minutos.
Deixe que a calda arrefeça um pouco (até aos 50°, aproximadamente). 
À parte, passe as gemas, por um passador de rede, misture e junte-lhes uma colher da calda, mexendo bem. Junte outra colherada e mexa rapidamente.
Ligue novamente o robot e programe 100º de temperatura, na velocidade 3, durante 12 minutos. E, logo de seguida, verta para a calda a mistura de gemas, em fio. Deixe arrefecer.


Método tradicional:
Comece por preparar o doce de ovo levando ao lume a água com o açúcar. Mexa para dissolver o açúcar e aguarde que atinja ponto de pérola, que acontece quando o fio que correr da colher for espesso e ficar uma gota suspensa na extremidade (temperatura 108º C). Retire do lume e deixe arrefecer cerca de 10-15 minutos. Ao fim deste tempo, e quando a calda já não estiver tão quente, junte-lhe as gemas (previamente batidas) a pouco e pouco enquanto mexe constantemente com uma vara de arames.
Leve o creme de ovo novamente ao lume até atingir ponto de estrada; que acontece quando passar uma colher de madeira no fundo do tacho e, se formar como que uma estrada que deixe ver o fundo (temperatura 110º C ). Cuidado neste momento para deixar ferver ou o doce de ovos ficará cristalizado. Deixe arrefecer e conserve no frigorífico até ao momento de usar.

Enquanto isto, bata a manteiga com o açúcar até formar um creme fofo. Junte os ovos e continue a bater. Acrescentar a farinha, o fermento e as amêndoas moídas (deve moer em farinha usando um processador de alimentos, por exemplo).
Coloque a massa numa forma média, untada e enfarinha, e leve ao forno, previamente aquecido a 200ºC, por 30-40 minutos.
Corte o bolo a meio, recheio com doce de ovos, cubra com a outra metade do bolo e barre com o restante doce de ovos. Adicione a amêndoa picada na lateral do bolo, adicione fios de ovos à volta da superfície do bolo e decore com cerejas e amêndoas inteiras.






Para acompanhar esta sobremesa, recomendo:

Porto Vintage 1997
Quinta do Estanho

Côr: Tinto
Espuma: Rosada
Aroma: Limpo, nobre e frutado
Sabor: Limpo. harmonioso e persistente
Qualidade: Muito Boa

Vinho Vintage com uma excelente evolução de envelhecimento na garrafa, denotando-se já uma febre de garrafa. Vintage ainda com força para continuar a envelhecer.




Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação desta sobremesa.

O meu muito obrigada à Kenwood, Glood, Lacticínios do Paiva, Vahiné, NutVitae, Marnoto e Quinta do Estanho pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.