Pintada Recheada com Cogumelos








Criada com uma dieta 100% vegetal durante 90 dias, altura em que a carne atinge a maturação ideal para a sua melhor degustação, a Pintada é garantia de um sabor autêntico, tradicional e moderno e de uma versatilidade a toda a prova. 
Tão versátil e fácil de cozinhar como qualquer galinha, é a carne ideal para todo o tipo de pratos e de experiências gastronómicas, desde a cozinha mais tradicional até à mais moderna das fusões. A Pintada é verdadeiramente agradável a todos os gostos e feitios e dos 8 aos 80 não deixará ninguém indiferente.

As pintadas Aves Suzana estarão disponíveis durante a altura da Páscoa em algumas lojas E.leclerc e Intermarché. Como a quantidade é limitada será apenas em algumas (o talho E.Leclerc do Montijo tem hoje, quinta-feira, as pintas).



1 pintada Aves Suzana
500 g de batata doce em cubos
500 g de cogumelos marron
1 noz de margarina
2 dentes de alho
1 fio de azeite
1 pequena haste de alecrim, biológico, Aroma Alentejo (adquirir por aqui))
Tomilho seco, biológico, Aroma Alentejo (adquirir por aqui))
Sumo de limão
250 ml de caldo de galinha
Molho de piripiri q.b. Paladin
Sal q.b. (usei a flor de sal Marnoto)

Marinada:
3 dentes de alho, bem picados
2 c. sopa de azeite virgem extra CASA ANADIA Private Collection
150 ml de vinho branco
1/3 c. café de louro moído
1 pitada de pimenta branca Margão
1 c. chá de pimentão doce Margão



Comece por lavar a pintada por dentro e por fora, tendo em atenção alguma penugem que possam ter.
Num pequeno recipiente, prepare a marinada; misture o azeite, o vinho branco, os alhos picados, o pimentão-doce, o louro, o molho de piripiri, o sal e a pimenta branca. Pincele a pintada com esta mistura tanto no seu interior como exterior. Deixe marinar, no frigorífico, de um dia para o outro.
Lamine metade dos cogumelos e reserve os restantes.
Aqueça o azeite, junte-lhe os dentes de alho laminados e junte-lhe os cogumelos laminados. tempere com sal, pimenta e tomilho e deixe-os murchar um pouco. Recheie-e a pintada com esta mistura e coza-a com cordel e agulha de cozinha.
Aqueça uma panela com água e tempere com sal e sumo de limão. Adicione-lhe as batatas doce, em cubos, e deixe cozer por 5 minutos.
Transfira a pintada para um refratário, untado com margarina, e disponha a batata doce à sua volta. Regue com a marinada e polvilhe com um pouco de alecrim e adicione uma noz de margarina.
Leve ao forno, pré-aquecido a 200º C por, cerca de, 20 minutos. Regue com o caldo de galinha, baixe um pouco a temperatura do forno e deixe assar até as batatas e a ave ficarem tenras.
Perto do fim do assado, junte os cogumelos, inteiros ou em metades, e termine de cozinhar.







Para acompanhar este prato, recomendo:

Casa Anadia Rosado 2015
Casa Anadia

Denominação: DOC Dão
Região: Dão
Ano: 2015
Castas: Touriga Nacional, Alfrocheiro, Jaen

A Casa Anadia pretende lembrar as conexões do Palácio aos anos de produção dos séculos anteriores e resulta em uma esplêndida combinação de variedades de uva que originam um vinho fresco e mineral de cor rosa brilhante. Apresenta deliciosos aromas e sabores de cereja e morango associados a notas florais. Na boca corpo elegante, com uma frescura de alto refinamento. Estágio em tanques de cimento por 3 meses.

Visite o site: http://www.casaanadia.pt




Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Aves Suzana, Aroma Alentejo, Paladin, Marnoto, Margão e Casa Anadia pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.