Blogger templates

traduzir para inglêsTraduzir para Espanholtraduzir para françêstraduzir para alemão

sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

Bifana no Pão (tipo Vendas Novas)

















4 caseirinhas para bifana da Panificadora Costa & Ferreira
4 bifanas de porco do lombo
4 dentes de alho esmagados 
1 colher de chá de pimentão doce (usei da marca Margão)
1 folhas de louro
60 ml de vinho branco
1/2 c. chá de vinagre (usei o vinagre de sidra da marca Paladin)
2 c. sopa de banha
Molho de piripiri q.b. (usei da marca Paladin)
Mostarda a gosto (usei da marca Paladin)
Sal q.b. (usei o sal marinho Marnoto)

Batatas em palitos Golden Long da McCain
Molho batatas fritas da Paladin


Comece por bater as bifanas com o martelo de cozinha para amaciar e torna-las o mais finas possível. Tempere a carne com sal, 3 dentes de alho esmagados, louro e pimentão doce. Regue com o vinagre e o vinho branco, envolva e deixe marinar por 3 horas, de preferência
Numa frigideira, coloque a banha, um dente de alho esmagados e o molho de piripiri. Deixe aquecer bem, em lume brando, e adicione a carne. Esta não deve fritar, mas sim, cozinhar lentamente na banha. Quando já estiver tenra, adicione a marinada e deixe cozinhar durante mais alguns minutos.
Sirva com mostarda a gosto dentro das caseirinhas e acompanhe com batatas fritas e o molho para as mesmas.





Para acompanhar este pão, recomendo:



São Domingos - Tinto Bairrada D.O.C. 2011
Caves do Solar de São Domingos




Castas: Baga (40%), Touriga-Nacional (30%) e Tinta-Roriz (30%).

Notas de prova:
Aroma focado na fruta de boa qualidade, evidenciando notas elegantes de especiarias e chocolate. Bela presença na boca, com taninos aveludados, revelando requinte e persistência.









Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste pão.

O meu muito obrigada à Panificadora Costa & Ferreira, McCain, Paladin, Margão, Necton Caves do Solar de São Domingos pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.









quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

Enchiladas de Frango com Fiambre, Cogumelos e Cheddar




















250 g de sobras de frango desfiado (assado, cozido ou grelhado)
150 g de cogumelos cortados (usei da marca Compal)
100 g de fiambre em fatias (usei o fiambre da perna extra Nobre Cuida-t +)
1 cebola finamente picada
3 dentes de alho picados
100 g de queijo fresco para barrar (usei o Cool queijo fresco light da Saloio)
200 ml de natas
200 ml de leite (usei o leite meio-gordo Terra Nostra)
250 g de queijo cheddar ralado*
4-6 colheres de sopa de óleo (usei o óleo de sésamo torrado da marca Sovex)
1 pitada de noz moscada
1 pitada de pimenta branca (usei da marca Margão)
Coentros em pó q.b.
Tabasco a gosto (usei o piripiri com malagueta tabasco da marca Flor das Hortas /Pimensor)
Sal q.b (usei a flor de sal Marnoto)
6 tortilhas (ver receita aqui)

Acompanhe com:
Guacamole (ver receita aqui)
Nachos (usei Lay´s Artesanais Snacks de Milho)

Se pretende tortilhas caseiras, que são muito fáceis de fazer, a receita encontra-se aqui. Para que obtenha tortilhas grandes use esta massa mas faça apenas 6 tortilhas.
Desfie o frango finamente e reserve. Corte os cogumelos brancos em fatias e depois em quartos (não devem ser pedaços grandes para que os ingredientes se misturem bem).
Misture as natas com o leite e tempere com sal, pimenta e noz-moscada. Reserve.
Num tachinho coloque o óleo, a cebola e o alho finamente picados, deixe alourar. Junte os cogumelos, tempere de sal e pimenta e deixe-os "murchar" um pouco, salteando-os. Junte o frango desfiado, envolva bem. Tempere com sal, pimenta branca, coentros em pó e tabasco. Envolva muito bem esta mistura e deixe cozinhar por 5 minutos. Retifique o sal e as especiarias e deixe cozinhar mais 1-2 minutos. Junte cerca de metade da mistura de natas, misture bem e deixe cozinhar mais um pouco até o molho espessar. Deixe arrefecer, junte o queijo fresco cremoso e misture bem.
Ao centro de cada tortilha, coloque uma porção da mistura de frango e um pouco de queijo cheddar ralado. Enrole a tortilha como se fosse um charuto e coloque-a num tabuleiro de ir ao forno com as dobras viradas para baixo. Depois de todas as tortilhas estarem no tabuleiro, regue-as com a restante mistura de natas. Por fim, polvilhe com o queijo cheddar que lhe restou.
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC até as enchiladas por, cerca de, 20 minutos.

*Nota: Se não encontrar queijo cheddar ralado compre-o em fatias e corte-as finamente com uma tesoura de cozinha.



Para acompanhar este prato, recomendo:




Loureiro
Quinta da Lixa 

Castas: Loureiro
Região: Vinhos Verdes

Obtido exclusivamente a partir da casta que lhe dá o nome, trata-se de um vinho seco produzido apenas em anos de qualidade.
É um vinho equilibrado e persistente de cor citrina de aromas bem marcados e complexos, muito próprios da casta.
Na boca a sua frescura natural faz ressaltar o seu caracter frutado.









Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à SaloioNobre, Terra Nostra, Compal,  Lay's, Pimensor, Sovex, Margão, Necton e Quinta da Lixa pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.








quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

Bolo de Laranja com Amêndoa e Cenoura





















100 g de farinha
1/2 c. chá de fermento em pó
150 g de açúcar
120 g de manteiga (usei da marca Terra Nostra)
2 ovos L
60 ml de sumo de laranja
1 laranja pequena, em raspa
75 g de cenoura ralada finamente
50 g de amêndoa, moída no momento (usei as amêndoas naturais inteiras da marca Myprotein)
Desmoldante em spray Panol da Sodifer

Cobertura:
100 g de chocolate (usei o chocolate negro com 54% de cacau da marca Sodifer)
50 ml de natas

2 cenouras
1 c. sopa de açúcar
1.5 c. sopa de sumo de limão



Pré-aqueça o forno a 190ºC e prepare uma forma com 16 cm de diâmetro, untando-a bem (eu usei spray desmoldante).
Comece por bater a manteiga com o açúcar até obter uma espécie de creme. Junte os ovos, um a um, e batendo sempre. Adicione a farinha previamente misturada com o fermento e a amêndoa moída, envolva com uma espátula, junte o sumo e raspa de laranja e bata bem. 
Por fim, incorpore a raspa da cenoura ralada finamente (use o raspador de citrinos), envolva delicadamente e verta na forma.
Leve ao forno por, cerca de, 30 minutos (faça o teste do palito no centro do bolo), deixe arrefecer e desenforme.

Pique o chocolate e coloque-o numa taça. Ferva as natas e verta-as sobre o chocolate, mexendo até que fique homogéneo. Espalhe-o sobre o bolo e deixe secar.
Enquanto isto, rale a cenoura e adicione-lhe o açúcar e o sumo de limão, mexa e aguarde 10 minutos antes de usar. Decore o bolo com a cenoura escorrido como se fosse fios de ovos.





Para acompanhar esta sobremesa, recomendo:


Porto Lágrima
Ramos Pinto

Uvas provenientes de zonas onde atingem elevado grau de maturação e sujeitas a uma forte maceração pelicular, segundo a antiga tradição do Vinho do Porto.

Notas de Prova:
Cor predominantemente ouro.
Dentro do seu fruto e doçura característicos, sobressaem aromas de tipo floral: camomila e flor de laranjeira, com toques de mel.
Paladar adamado, glicerinado, com fruta madura, envolvida por uma intensidade fresca. Final de boca de sabor gordo e persistente, com um agradável toque de mel.










Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação desta sobremesa.

O meu muito obrigada à Myprotein, Terra Nostra, Sodifer e Ramos Pinto pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.





terça-feira, 18 de Novembro de 2014

Sopa Marinheira


















2 postas de maruca (usei a maruca congelada da marca Frip)
10 camarões inteiros
2 litros de água
70 g (da parte branca) do alho francês
1 batata grande
2 cenouras
1 c. sopa de azeite (usei o Azeite Castelo de Marvão)
1 cebola pequena
2 dentes de alho
1 folha de louro
1 c. sopa de concentrado de tomate (usei da marca Compal)
1 tomate
150g de massa anelini rigate
1 pitada de mistura de 5 pimentas (usei da marca Suldouro)
1 raminho de coentros frescos q.b.
Molho de piripiri q.b. (usei da marca Paladin)
Sal q.b. (usei o sal marinho Marnoto)



Comece por aquecer a água, tempere-a com sal e molho de piripiri e acrescente-lhe os camarões inteiros e o peixe. Deixe-os cozer, retire-os para arrefecer e coe o caldo. Livre o peixe de peles e espinhas, desfie-o e descasque os camarões. Reserve ambos.
Ao caldo de cozedura, adicione as batatas em pequenos pedaços, as cenouras em rodelas, 1 raminho de coentros e o alho francês. Deixe cozer por, cerca de 20 minutos, ou até todos os legumes se encontrarem macios. Retire o ramo de coentros e reserve.
Entretanto, num tacho maior, aqueça o azeite e junte-lhe a cebola e os alhos picados. Deixe-os amolecer e acrescente o louro, o tomate em pedaços e o concentrado de tomate. Refogue durante 3 minutos e tempere com sal e a mistura de pimentas.
Retire a folha de louro e junte o preparado que reservou ao refogado, deixe cozer por 5 minutos e reduza a puré. 
Leve novamente ao lume para ferver, junte a massa, deixando-a cozer, mexendo de vez em quando (se a sopa estiver muito seca junte mais um pouco de água). 
Por fim, adicione o peixe desfiado, os camarões descascados e retifique o sal e o piripiri. Deixe aquecer bem e sirva.




Para acompanhar este prato, recomendo:




Loureiro
Quinta da Lixa 

Castas: Loureiro
Região: Vinhos Verdes

Obtido exclusivamente a partir da casta que lhe dá o nome, trata-se de um vinho seco produzido apenas em anos de qualidade.
É um vinho equilibrado e persistente de cor citrina de aromas bem marcados e complexos, muito próprios da casta.
Na boca a sua frescura natural faz ressaltar o seu caracter frutado.









Aqui estão os produtos fantásticos que usei na preparação deste prato.

O meu muito obrigada à Frip, Compal, Paladin, Azeite Castelo de Marvão, Suldouro, Necton e Quinta da Lixa pela simpatia e pelos produtos, de grande qualidade, que me enviaram.








Imprimir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...